Bayern tenta, mas o Rostov consegue seu dia de gigante

Atualizado: 25 de Jul de 2020

No Olimp Stadium, na Rússia, o Rostov recebeu o Bayern de Munique, pela quinta rodada da primeira fase da Champions League. Nos primeiros minutos de jogo, os jogadores da equipe bávara trocaram passes curtos, tentando furar o esquema defensivo do Rostov.



Aos 10 minutos, Thiago Alcântara domina bem na entrada da área, chuta, mas a bola vai por cima do travessão. Pouco tempo depois, Lewandowski consegue uma ótima jogada individual, arrisca o chute, porém, a finalização é interrompida por um defensor do Rostov. Vladimir Granat, jogador da equipe russa, é advertido com um cartão amarelo aos 30 minutos, por uma falta cometida. O primeiro gol da partida saí dos pés do brasileiro Douglas Costa, deixando o Bayern na frente do placar. A alegria bávara durou apenas 9 minutos: Sardar Azmoun, marca para o Rostov, deixando tudo igual no placar.


A segunda metade do jogo foi evidenciada por ainda maiores emoções. Com apenas dois minutos, o zagueiro Boateng derruba Noboa dentro da área, dando a chance de o time da casa ampliar o placar. Dito e feito. Poloz não da muitas chances ao goleiro reserva dos bávaros, marcando o segundo para o Rostov. Os russos mal comemoraram e já sentiram o gostinho do empate. Juan Bernat precisou de apenas mais três minutos para alcançar o empate, que chuta com força após um belo passe de Ribery.


Quem pensou que o empate deixaria o time da casa satisfeito, se enganou. Apesar de não possuir a maior porcentagem de posse de bola durante toda a partida, soube administrar bem suas oportunidades, garantindo a vitória aos 20 minutos da segunda etapa, com uma cobrança de falta aonde Noboa - o mesmo que sofreu o pênalti - bate com precisão, e Ulreich - que não fez uma boa partida - chega atrasado e deixa a bola entrar. Ali, o pequeno time da Rússia se mostrou mais gigante que um dos maiores da Europa, desestabilizando a equipe de Carlo Ancelotti e garantido os 3 pontos da rodada.


Gols: Douglas Costa (36), Azmoun (43), Poloz (50), Juan Bernat (53), Noboa (67)

Rostov: Dzhanaev, Kalachev, Mevlja, César Navas, Granat, Kudryashov, Noboa, Gatcan, Erokhin, Poloz, Azmoun.

Técnico: Ivan Daniliants

Bayern de Munique: Ulreich, Bernat, Badstuber, Jérôme Boateng, Rafinha, Thiago, Renato Sanches, Lahm, Ribéry, Lewandowski, Douglas Costa.

Técnico: Carlo Ancelotti

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Seja nosso parceiro!

E-mail: futebolporelas@hotmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle