Parede vermelha e branca

Atualizado: 24 de Jul de 2020

Ontem, dia dos Namorados, a Champions regressou e o Benfica recebeu e venceu o Borrusia Dortmund por 1-0.

O golo só surgiu na segunda parte, aos 48 minutos por Kostas Mitroglou, após uma assistência do capitão Luisão que fazia o seu jogo 500 ao serviço das águias.


Sem Jonas, a equipa de Rui Vitória mal teve a bola nos primeiros 45 minutos, muito por mérito do Borrusia e do seu treinador que optou por jogar num 3-4-3, povoando o meio campo, onde o Benfica só costuma ter dois jogadores, Fejsa e Pizzi.


Praticamente sem bola, Rui Vitória fez lançar Felipe Augusto em detrimento de Carrillo, povoando assim o meio campo. Com a entrada do brasileiro, o Dortmund sentiu mais dificuldades a impôr o mesmo jogo confortável que tinha feito na primeira parte. Para agravar a situação, os encarnados juntaram o golo de Mitroglou.


A partir daí, as águias tentaram gerir o jogo e os alemães encontraram um autêntico muro de seu nome Ederson. Com defesas sublimes, aos minutos 51 e 53, o brasileiro teve a frieza necessária para defender uma grande penalidade marcada pelo ganês Aubameyang. Mas foi ao minuto 84 que Ederson voou para uma defesa implacável impedindo assim o empate.


Apesar da vantagem mínima, o Benfica acabou por não sofrer golos e vai à Alemanha enfrentar a "Yellow Wall" com o intuito de passar aos quartos de final.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle