Dá pro Messi que ele resolve

Atualizado: Jul 25

O gramado do jogo entre Argentina e Chile não era dos melhores e as seleções dentro de campo também não ajudaram no show. Foi uma partida bem longe de ser o que se espera de uma Eliminatória para a Copa do Mundo.

Aos sete minutos, o jogo já poderia ter caminhado pro lado chileno se Fuenzalida não estivesse impedido ou se ele não tivesse feito pênalti em Di María, que resultou no gol de Messi.

E o autor do tento que deu a vitória da Argentina não poderia ser outro já que praticamente todas as jogadas de perigo no jogo saíram dos pés dele. Mesmo com o resultado positivo, ainda é muito claro que a seleção da Argentina não tem um conjunto entrosado. Dá pra ver um buraco no meio, que só é resolvido quando Messi recua pra organizar. Além disso, ter Higuaín, Agüero, Di María e Messi é lindo, mas o time continua tendo muito problema defensivo.

Sorte deles é que o Chile só começou a ficar inspirado no final do jogo. Os chinelos bem que tentaram partir pro ataque e furar o fraco sistema defensivo colocando quatro atacantes, mas a pontaria não funcionou e a Argentina conseguiu segurar o quanto pôde e saiu com a vitória mesmo não tendo uma atuação de gala dentro de casa.

Antes de terminar, vale ressaltar que uma coisa que não falta para a seleção argentina é garra, o que não muda o fato de encontrar muitas dificuldades para jogar futebol e que precisa melhorar muito até a Copa de 2018.

Por enquanto, a Argentina é a terceira colocada com 22 pontos e o Chile é o sexto. Apesar das três posições de diferença, apenas dois pontos separam as duas seleções. Na próxima terça (28), a Alviceleste visita a Bolívia enquanto a La Roja recebe a Venezuela.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle