Cruyff, o pai do futebol moderno

Atualizado: 24 de Jul de 2020

Revolucionário, essa é a palavra que define Hendrick Johannes Cruyff. Um jogador que mudou completamente o cenário mundial do futebol. A lenda neerlandesa revelado pelo Ajax, nos deixou há um ano, aos 68 anos, Cruyff foi vítima de um câncer de pulmão. O ex-treinador lutava contra a doença desde o fim de outubro de 2015. Mas porque Cruyff é considerado o pai do futebol moderno? Bom, provavelmente você deve ter visto a tática que o Barcelona, Borussia Dortmund e as seleções espanhola e alemã usam, então, eles são seguidores cruyffiano. Um dos alunos mais famoso desse treinador é Pep Guardiola, um discípulo que segue assiduamente as leis do grande técnico.

Responsável pela revolução que existiu no futebol, Cruyff foi um atacante habilidoso e com grande visão de jogo, além de ter uma consciência tática fora do normal. E foi com essa identificação e sendo um dos representantes do futebol arte que o jogador conquistou um dos prêmios mais desejados pelos jogadores: a Bola de Ouro. Além de ter sido a joia rara de Rinus Mitchell, técnico da seleção holandesa de 1974, e foi a Laranja Mecânica que fez um dos feitos inéditos do futebol: os jogadores podiam trocar de posição no campo, sem ter um posicionamento fixo. Foi assim que surgiu o famoso Carrossel Holandês.

No Ajax, Cruyff conquistou cinco taças da Copa da Holanda, oito campeonatos holandês, além do tricampeonato na Champions League (1971 a 1973). As conquistas chamaram a atenção do Barcelona, que imediatamente contrataram o novo talento do futebol em 1974. Em cinco anos no clube azul e grená, Cruyff conquistou um Campeonato Espanhol e uma Copa do Rei, e foi um dos nomes da goleada por 5 a 0 sob o Real Madrid, no Santiago Bernabéu. Em 1978, Cruyff deixou o Barcelona e voltou ao Ajax, foi a última vez que o jogador defendeu o clube e pendurou as chuteiras. Durante os 19 anos como jogador, Cruyff marcou 392 gols em 520 jogos. Conquistando 242 vitórias em 387 partidas, obtendo 75 empates e apenas 70 derrotas.

"O futebol ensina uma lição essencial para a vida:

os indivíduos precisam se unir para ganhar como equipe".

Johan Cruyff

- Treinador –

Cruyff encerrou a carreira como jogador em 1984, e em 1986 teve a primeira experiência como técnico, justamente no clube que o revelou: Ajax. Na casamata do clube holandês ele conquistou a Recopa Europeia em 1986-1987. Em 1988, voltou ao Barcelona, e foi na equipe catalã que ele foi responsável pela filosofia de jogo que marcou a história do futebol. Domínio, toque de bola, jogo ofensivo e jogadas bonitas. Assim surgiu a equipe multicampeã do Barcelona. Na era Cruyff, o Barça conquistou 11 títulos, entre eles sua primeira Champions League.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle