Em Palermo, Itália derrota Albânia

Atualizado: 25 de Jul de 2020


Um jogo marcado pela milésima partida do goleiro Buffon como jogador profissional, contou com fumaças, paralização e quase nenhum esforço do goleiro italiano. A primeira novidade da tarde foi a escalação italiana, que foi bastante ofensiva, contou com a presença de Belotti, Candreva, Immobile e Insigne. A partida começou e logo no primeiro minuto de jogo, a Albânia quase saiu na frente. Se as primeiras chances foram do time visitante, aos 9 minutos eles cometeram um pênalti. De Rossi usou sua experiência e abriu o placar, bola para um lado e goleiro para o outro. No momento em que o pênalti foi marcado, o juiz precisou parar o jogo por causa de sinalizadores jogados na área. Em menos de dez minutos, aos 17, o time da casa teve mais uma oportunidade, mas o goleiro Strakosha defendeu. Na metade do primeiro tempo, aos 22 min, Buffon fez uma defesa tranquila. No final da primeira etapa, aos 38 min, quase De Rossi faz o seu segundo na partida, após uma cobrança de escanteio, ele cabeceou para fora. Em dois minutos, a Azzurra teve a chance de ampliar o placar, duas vezes, mas a bola parou na defesa albanesa. Quase que o time visitante levou o jogo empatado para o intervalo, aos 45min, Roshi chutou e a bola passou raspando no travessão.

Na volta do intervalo, já no primeiro minuto, uma oportunidade de gol italiano, só que a bola passou perto da trave esquerda. Aos 9 minutos do segundo tempo, a torcida albanesa continuou com sinalizadores e jogando bombas, tudo atrás do gol do goleiro Buffon. E não podia ser diferente, a fumaça entrou em campo, e começou a atrapalhar, principalmente o goleiro. Três minutos depois, o árbitro parou o jogo, os jogadores italianos saíram do gramado, restando apenas os albaneses. O capitão albanês, Agolli, foi até a sua torcida e pediu para pararem de jogar bombas no estádio. Após 10 minutos de paralização, o jogo recomeçou. Aos 15min, mais uma chance da Azzurra, e novamente a bola parou no arqueiro albanês.

O goleiro Strakosha precisou trabalhar, aos 22 minutos de jogo eram 11 finalizações para a Itália, contra 5 para a Albânia. Um minuto depois, mais uma finalização italiana, mas a bola não entrou. Após uma cobrança de falta e a bola ter ficado na barreira, Zappacosta aproveitou a sobra e cruzou para Immobile, que subiu e cabeceou no lado oposto do Strakosha, marcando o segundo e último gol da partida. Apesar do 2 x 0 no placar, o time italiano não parou, e dois minutos depois teve a chance de fazer o terceiro.

Apesar da vitória no Renzo Barbera, a Itália segue em segundo lugar no grupo G, atrás da Espanha, que tem a mesma pontuação, mas um saldo de gol maior.

Na próxima rodada, a Itália enfrenta o Liechtenstein, e a Albânia, joga contra Israel. Os jogos acontecerão no dia 11 de junho.

0 comentário

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle