Santa base: o que seriam dos times sem suas próprias crias

Atualizado: Jul 25

A base serve como alicerce para um time de futebol, muitos jogadores que estavam nas categorias de base, hoje fazem sucesso no mundo inteiro como o Neymar Jr, que era uma das principais promessas do Santos, e com 21 anos já estava de malas prontas para Barcelona.

Atualmente é quase impossível encontrar algum time que tenha 100% dos direitos econômicos de uma futura promessa, e por isso acaba perdendo a sua joia mesmo antes de levá-lo para o profissional. Um desses exemplos é Lucas Moura, que atualmente está atuando pelo PSG , o jogador já teve passagem pela Juventus e pelo Corinthians, antes de concluir sua formação de vez no São Paulo.

O Palmeiras deu um exemplo de valorização, teve consciência que tinha algo precioso na mão e agiu rápido mas com cautela. O nome da grande estrela brilhou no mundo: Gabriel Jesus. O jogador chegou como quem não queria nada, e logo conseguiu uma vaga no profissional, e não é que o garoto ganhou até música dá torcida alviverde. Enquanto brilhava, o sucesso dele se espalhava por todo lugar, e assim foram chegando proposta de times como Real Madrid, Barcelona e Manchester City. Foi assim que o Palmeiras ganhou milhões com a venda desse garoto e deu um exemplo de organização.

A falta de planejamento de um clube pode fazer com que perca milhões no futuro, porque não soube valorizar o seu jogador e acabar vendendo ele por preço de "banana". Quem sofre com isso não é só a associação, e sim torcedores, porque querem uma nova estrela no elenco. Enquanto houver forças é necessário reivindicar e acabar com esse poder dos empresários de quererem vender quando querem, e perder benefícios que um dia irá fazer falta.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle