A sensação de estar num estádio de futebol

Atualizado: Jul 26

Templo. Segundo lar. Para um verdadeiro amante do futebol, o estádio é muito mais que um simples espaço de realização de partidas. É um lugar para ser contemplado, cuidado e amado a cada jogo. É ele que serve de palco para os mais belos espetáculos dentro de campo e nas arquibancadas. Casa de vitórias únicas, derrotas amargas, viradas históricas e títulos eternos, os estádios abrigam as mais sinceras demonstrações de humanidade: os sentimentos.

A ansiedade começa ainda na fila de entrada. Só quem já assistiu de pertinho a uma partida do seu time de coração sabe a importância que isso tem para um torcedor de verdade. E a primeira vez? Ah, a primeira vez nunca se esquece. O frio na barriga surge e o nervosismo toma conta ao ver o gramado pela primeira vez. Uns tem o prazer de terem a experiência no início da vida e outros esperam anos para realizar o sonho, mas o sentimento certamente é o mesmo.

O juiz apita, a bola rola e a festa começa. O ápice é na hora do gol. É com ele que os jogadores comemoram das formas mais criativas, o chão parece tremer e se escuta uma só voz. Por outro lado, as vaias e os protestos também se fazem presentes na hora da cobrança por mais vontade, raça e suor dentro de campo. No estádio é assim, o torcedor manda.

Na arquibancada, tem o show do 12º jogador em campo: a torcida. Com suas bandeiras, instrumentos e músicas, ela é quem vive intensamente os momentos. Como uma família, grita, chora, canta, comemora e apoia junto até depois dos 90 minutos. É dentro de um estádio que muitas amizades surgem e pessoas se conhecem, se encontram e se reencontram.

Quando o apito final encerra a partida, a experiência não acaba. É hora de sair comemorando a vitória pelos corredores ou sofrer as consequências da derrota. Qualquer que seja o resultado, estar em um jogo de futebol é sempre uma vivência única e eterna, capaz de alegrar uma semana ruim e despertar um turbilhão de emoções.

Se você é apaixonado por futebol, vá. Se não é, experimente. É lá dentro que milhares de pessoas de diferentes opiniões, estilos e orientações se unem. Não tem partido político e nem religião. A rivalidade sadia existe e é por ela que se deve lutar. Por ser um espaço democrático, o estádio é facilmente considerado como um lugar que permite ao torcedor ser livre e viver. E pra quem não consegue mensurar a sensação em palavras, é mais fácil do que se imagina: felicidade.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle