A força do interior: Esporte Clube Novo Hamburgo consagra-se campeão gaúcho

Atualizado: há 4 dias

O Rio Grande do Sul pintou-se de azul e branco. Após empatar em 1 a 1 com o Inter, e vencer nas penalidades por 3 a 1, o time do Vale tornou-se campeão gaúcho.

O time do Noia, como é carinhosamente conhecido, realizou uma campanha extraordinária. Na fase de grupos, o time terminou em 1º lugar. Enfrentou a dupla GreNal seis vezes, venceu uma e empatou as outras cinco. Além disso eliminou o Grêmio na semifinal.

Neste domingo, o time foi até Caxias do Sul, para a tão sonhada final. O primeiro tempo foi totalmente dominado pelo time do interior. Com uma marcação forte, a equipe de Beto Campos apostou nas jogadas aéreas, e foi assim que o gol da equipe foi marcado. Após um levantamento de bola, Ernando desviou e marcou contra. Festa da torcida azul anilado. Com força total, o Noia construía boas jogadas, porém, desperdiçadas. Tentando reverter o resultado, o técnico do Inter modificou o time. As substituições deram certo. E logo aos três minutos da segunda etapa, Rodrigo Dourado empatou: 1 a 1. A partir daí o jogo ficou intenso, as duas equipes pressionavam e queriam a todo custo evitar a decisão nas penalidades. Apesar de todo esforço do Novo Hamburgo e Inter, o jogo terminou empatado.

E quando se trata de pênaltis sempre bate aquele medinho. Na primeira cobrança, D’Alessandro acertou a trave. João Paulo foi o encarregado de bater, convertendo a primeira cobrança do Noia. Cuesta também acertou o travessão. O desespero (?), sim para aqueles que estavam torcendo pelo time) bateu quando Léo errou a cobrança do Novo Hamburgo. Nico López foi para a terceira cobrança. Mas brilhou a estrela do goleiro Matheus que defendeu. Júlio Santos abriu a vantagem em 2 a 0. William descontou para o colorado. A próxima cobrança poderia definir o campeão gaúcho. Pablo foi o nome do gol. Novo Hamburgo 3 a 1 Inter.

Título inédito do Esporte Clube Novo Hamburgo. Um time do interior que desbancou a dupla GreNal. Um time que está sendo chamado de Leicester Gaúcho. Um título que emocionou a todos os gaúchos (principalmente aqueles que vestem tricolor). Mas acima de tudo: um título merecido. Se houvesse outro campeão que não fosse o E.C. Novo Hamburgo seria injusto. Seria injusto por demais. Desde o início do Gauchão, o Noia mostrou seu bom futebol. Mostrou a força do futebol do interior. Assim como o campeão do interior, o Caxias. Dois times que lideraram o campeonato inteiro, que mostraram que pode sim quebrar a hegemonia da dupla GreNal.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o goleiro Matheus falou da conquista do time e também do momento conturbado que o rival passou. As suas palavras foram “O Inter teve a fatalidade dos goleiros de machucarem. Mas não tirem o nosso mérito”.

Não vamos tirar o mérito de vocês, Matheus. A entidade Esporte Clube Novo Hamburgo merece respeito. Não apenas vocês, mas o Caixas, o Juventude, o Passo Fundo... Todos os times do interior. Todos os times que lutam arduamente para trazerem conquistas para aqueles torcedores que são fieis, que estão com vocês nos momentos bons e nos ruins. Que estão lá apoiando, incentivando e enfrentando todas as adversidades.

Parabéns Esporte Clube Novo Hamburgo. Parabéns por terem conquistado o Campeonato Gaúcho 2017. Esse é apenas o início de uma história cheia de conquistas.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle