Tudo igual na primeira final do Nordestão

Atualizado: Jul 25

Primeiro jogo da Copa do Nordeste muito equilibrado, como já era esperado. Dois times com a certeza de que vencer essa competição é o principal objetivo do primeiro semestre. Enquanto o Bahia não vence desde 2002 e luta pelo tricampeonato, o Sport ganhou em 2014 e busca o tetra.

O Bahia, além do desfalque de Edson, entrou em campo seu seu principal jogador e artilheiro da Copa do Nordeste: Régis, suspenso. Só que isso não pareceu problema pro time baiano, que partiu pra cima dos donos da casa e saiu na frente com Juninho.

Só que, empurrado pela torcida, o Sport também tinha seu Juninho. O xará rubro-negro empatou no final da partida, aliviando um pouco o coração dos torcedores leoninos. Com uma formação mais ofensiva, em que Ney Franco abriu mão dos três volantes, o Leão teve mais chances que o Bahia. Só que, do outro lado, tinha um time mais defensivo, com três jogadores de pegada no meio-campo. Com isso, o jogo não poderia ter tido outro resultado.

A decisão vai ser na próxima quarta-feira, na Fonte Nova e um empate sem gols favorece o Bahia por causa do gol fora de casa. Um novo 1 a 1 leva para os pênaltis. Qualquer outro empate dá Sport por conta do saldo de gols fora. E, claro, quem ganhar leva a taça.

Já neste final de semana, o Bahia enfrenta o Vasco no domingo, às 11h, em São Januário. Já o Sport recebe o Cruzeiro na Ilha do Retiro, às 19h também de domingo.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle