Philipp Lahm e Xabi Alonso: duas lendas que se despedem dos gramados

Atualizado: 24 de Jul de 2020


Não é fácil lidar com despedidas, ainda mais quando se trata das grandes lendas do futebol mundial. Nos últimos meses sofremos com as aposentadorias de Schweinsteiger (da seleção da Alemanha), Steven Gerrard (a grande lenda do Liverpool), Frank Lampard (ídolo supremo do Chelsea nos últimos anos) e Lukas Podolski (também da seleção da Alemanha). E neste sábado, mais dois craques do futebol penduraram as chuteiras: Philipp Lahm e Xabi Alonso.

O futebol é um ciclo, e todo ciclo tem um fim... É estranho falarmos desta maneira, mas é um vazio que fica em nossos corações. Só quem acompanhou essas lendas de perto sabe o quanto eles farão falta e o quanto o futebol tem a perder. Sabemos que novos jogadores virão, mas nenhum poderá preencher o lugar deixado por estes grandes nomes.

Philipp Lahm, foi revelado nas categorias de base do Bayern de München, vestiu apenas duas camisas ao longo da sua carreira. A do Bayern e a outra do Stuttgart (quando foi emprestado por duas temporadas). O eterno e multicampeão capitão conquistou diversos títulos em sua carreira, entre eles: 7 Bundesliga, 6 DFB Pokal (Copa da Alemanha), 1 Supercopa da Alemanha, 1 Champions League, além de um mundial de clubes. Em 501 jogos pelo time bávaro, o ídolo foi campeão de 21 títulos. Lembrando que o jogador também se aposentou de sua seleção após o título conquistado na Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Aos 35 anos, Xabi Alonso jamais imaginaria que o futebol lhe traria tantas alegrias. Titular e campeão na Copa do Mundo de 2010, além de fazer parte do elenco que conquistou a Eurocopa em 2008 e 2012 pela Espanha, o volante que foi revelado pela Real Sociedad teve momentos inesquecíveis ao longo de sua carreira. E foi no Bayern que ele se reencontrou. Após vestir a camisa do Real Madrid por cinco anos, Xabi foi contratado pelo time alemão em 2014. Em entrevista ao jornal Marca, o volante enfatiza que sua carreira teve momentos bons e ruins, lamenta alguns títulos não conquistados ao longo de sua carreira. “A primeira coisa que faltou foi a Liga da Espanha com o Real, quando deixamos de ganhar a temporada 2002/2003 por um pontinho. Não ganhar o Campeonato Inglês com o Liverpool é outra coisa pendente. Ganhamos a Champions, Copa e Supercopa, mas não ganhamos a Premier com o Liverpool. E com o Bayern, está claro que me faltou ganhar a Champions League”.

Entre momentos de tristeza, superação e felicidade só temos a agradecer por termos visto as duas lendas em campo. Jogadores que se entregaram à camisa que vestiram, que honraram o nome dos seus clubes e fizeram a alegria dos torcedores. Se hoje choramos a aposentadoria destas lendas, amanhã vamos sorrir, pois novas lendas estão por vir.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle