De volta ao trono: Real Madrid é campeão da La Liga e acaba com cinco anos de jejum

Atualizado: Jul 24

O Real Madrid enfrentou o Málaga fora de casa, neste domingo, 21, pela última rodada do Campeonato Espanhol. A equipe merengue venceu os donos da casa por 2x0, com gols de Cristiano Ronaldo e Karim Benzema. Com a vitória, os madridistas conquistaram o 33º título da La Liga, isolando-se como o maior vencedor da competição, depois de um jejum de cinco anos.


O jogo já começou se mostrando bastante favorável ao Real. Com menos de dois minutos, Cristiano Ronaldo abriu o placar depois de bela jogada de Isco, que deixou o português cara a cara para o gol. Foi o 25º gol do craque em 29 partidas do torneio. Logo depois, no jogo do vice-líder Barcelona, que ainda tinha chances de conquistar o título, o visitante Eibar abriu o placar. Com esses resultados, mesmo se a equipe madrilenha perdesse, ficaria com a taça. Depois do gol, o Real Madrid continuou com a posse da bola, mas estava dando muito espaço para jogadas de efeito do Málaga. Os donos da casa ameaçaram algumas vezes a meta de Keylor Navas, que fez defesas espetaculares na primeira etapa.


No segundo tempo, o Málaga começou atacando mais e arriscou mais chutes. Mas, aos 10 minutos, depois de cobrança de escanteio e pegando rebote, Benzema ampliou a vantagem merengue. Os malaguenhos reclamaram de impedimento do atacante, mas o árbitro não sinalizou. A partir daí, o time da casa passou a finalizar mais. Aos 20 minutos, Sandro Ramírez fez bela cobrança de falta, mas parou em uma defesaça de Navas. Keko levou perigo para a área do Real aos 37 e aos 40 minutos, mas não conseguiu definir.


Enquanto isso, em Barcelona, o resultado do jogo estava deixando a taça nas mãos do Real, quando o Eibar ampliou a vantagem para 2x0. Porém, mais tarde, o Barça conseguiu virar, e o placar final foi 4x2, com direito a dois gols de Messi.


Isco sai ovacionado

Um destaque da partida em La Rosaleda foi, sem dúvidas, Isco. Nascido em Málaga e ex-jogador da equipe, fez mais uma partida impecável tecnicamente e saiu ovacionado de campo, tanto pelos madridistas presentes, como pelos torcedores de seu antigo time. O malaguenho foi decisivo não só na partida de hoje, mas em vários outros jogos e formou uma dupla muito efetiva junto com Cristiano Ronaldo. Mesmo depois de uma temporada recheada de rumores da saída do jogador para o Barcelona, Isco afirmou que pretende ficar em Madrid.


Quebra do jejum

Com o título, o Real Madrid se livrou do jejum de cinco anos sem conquistar a La Liga. A última vez em que a equipe havia levantado a taça do Espanhol tinha sido na temporada 2011/12, quando o técnico ainda era José Mourinho. Os jogadores remanescentes daquela época são Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos, Marcelo, Benzema, Coentrão, Pepe, Varane e Nacho. Os merengues acabaram a temporada 2016/17 do Espanhol com 93 pontos, 105 gols pró, 29 vitórias em 38 jogos. Além disso, pela primeira vez na história, o Real Madrid marcou gols em todas as rodadas do Campeonato Espanhol. Agora, os merengues lutarão pelo “doblete”, a conquista de dois títulos na mesma temporada. A próxima decisão a ser disputada pelo time de Madrid será a final da Champions League, no dia 3 de junho, contra a Juventus, em Cardiff, País de Gales.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle