Itália dá show, mas segue na segunda colocação do grupo G

Atualizado: 26 de Jul de 2020

Embalou. Jogando em Údine, o placar elástico de 5 a 0 pode até dar a impressão de uma certa facilidade. Porém, a Itália demorou um pouco para embalar, principalmente com o Liechtenstein bem fechado no primeiro tempo.

A primeira etapa foi bem complicada. Aos 2 minutos, Candreva chegou a abrir o placar para a Azzura, mas o árbitro assinalou o impedimento, porém, o jogador estava em posição legal. O Liechtenstein dificultava a saída de bola da equipe italiana, forçando os lançamentos e erros de passes. Aos 30 minutos, os visitantes chegaram pela primeira vez com um chute de Polverino, sem sucesso. Mas, aos 34, Insigne marcou um golaço, deixando a Azzura com uma pequena vantagem antes do intervalo.

O segundo tempo foi bem diferente do primeiro. Logo aos 6 minutos, Insigne deu um belo passe para Belotti, que saiu na cara de Jehle, e bateu, sem chances de defesa para o goleiro. A partir daí foi só pressão. Candreva acertou a trave, gol anulado e tudo mais. A defesa do Liechtenstein estava entregue. Aos 29 minutos, foi a vez de Eder ampliar o placar para a Azzura. Após oito minutos, Bernardeschi recebeu de Chiellini, que soltou a bomba para o fundo das redes. E aos 45 minutos, teve o gol de Gabbiadini para fechar a goleada.

Com a vitória, a Itália chegou aos 16 pontos, dividindo a liderança com a Espanha, mas os italianos seguem na segunda colocação do grupo G, graças ao saldo de gols (18 contra 13). Em seis jogos a Azzura soma cinco vitórias e um empate. E vai com tudo para buscar a liderança do grupo. O próximo confronto é justo entre as duas melhores equipes, Espanha e Itália duelam no dia 2 de setembro, no Santiago Bernabéu, em Madrid.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle