Curiosidades sobre a Copa das Confederações

Atualizado: Jul 26

Hoje começou mais uma edição da Copa das Confederações. A finalidade da competição é tirar a desconfiança para a Copa do Mundo de 2018, e conquistar o povo russo. Os seis campeões continentais, a Alemanha (atual campeã do mundo) e a anfitriã Rússia iniciaram a disputa pelo título na Arena Zenit, em São Petersburgo. A Rússia venceu a Nova Zelândia por 2x0. Infelizmente (ou felizmente, logo você entenderá o porquê) o Brasil não irá participar (pela primeira vez em sua história). Apesar disso, trouxemos 10 curiosidades sobre esse campeonato.

1- Se você quer ser campeão da Copa Do Mundo, primeiramente: NÃO VENÇA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES.

A Copa das Confederações foi adotada pela Fifa na edição de 1997. Em 2005 deixou de ser bienal e virou evento teste para o anfitrião do mundial. Quase um mundialito, sempre reunindo camisas de peso, essa Copa empolgou torcidas. Mas, ao longo da competição, criou-se uma maldição: ganhá-la significa tropeçar no melhor momento, a Copa do Mundo. A Argentina, campeã de 1992, ainda ganharia a Copa América do ano seguinte, seu último troféu no futebol profissional. Na Copa de 1994, foi eliminada pela Romênia nas oitavas. Em 1997, o Brasil goleava. Em 1998, a França de Zidane deixou os brasileiros com o vice.

Embalada pelo título mundial e pela Eurocopa de 2000, a França ganhou a Copa das Confederações de 2001 mesmo sem o goleiro Barthez, o meia Zidane e o atacante Henry. Na Copa seguinte, caiu na primeira fase sem marcar um gol sequer. Em 2005, Ronaldinho Gaúcho e Adriano comandavam o pagode no vestiário e no campo. Essa mesma alegria atrapalhou a preparação para o mundial da Alemanha em 2006, quando Zidane (novamente ele) colocou os brasileiros para dançar. O time de Dunga de 2009 não era tão habilidoso, por outro lado era eficiente nos contra-ataques. Levou as Confederações de forma invicta e manteve a base com Júlio César, Lúcio, Felipe Melo, Kaká, Robinho e Luís Fabiano para o mundial. Em 2010, no entanto, fizeram segundo tempo desastroso contra a Holanda, nas quartas de final. A maior prova dessa “maldição” é 2013. País sede, o Brasil venceu por 3x0 a Espanha na final, e deu início à contagem regressiva para o hexa. E até hoje estamos contando aqueles sete gols da Alemanha na semifinal da Copa Do Mundo.

2- A Copa Das Confederações 2017 conta com três estreantes: Portugal, Rússia e Chile;

3- A maior goleada foi em 2013, quando a Espanha não tomou conhecimento do Tahiti e o venceu por 10x0;

4- O maior artilheiro da competição é o nosso Romário. O baixinho foi artilheiro da edição de 1997 ao balançar as redes sete vezes. Thierry Henry fez quatro em 2003; Adriano, cinco em 2002; e Fernando Torres, cinco em 2013;

5- A edição de 1999, no México, foi recorde de público. Ao todo, 970 mil pessoas acompanharam as 16 partidas do torneio em 1999, com uma média de público de 60.625. A edição do Brasil é a segunda da lista, com 50.291.

6- A Copa das Confederações é a única competição de nível global que já ocorreu nas quatro estações do ano;

7- O jogador com mais jogos e participações é o Dida, 22 e 5 respectivamente;

8- A seleção com mais participações é o Brasil;

9- Equipes que têm mais jogadores nesta edição: FC Porto e Wellington Phoenix, ambos com 6 jogadores;

10- 30 equipes já participaram da competição.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle