Legado

Atualizado: Jul 26

O futebol... uma bola, um espaço e um grupo. A partir dessa junção, o resultado é arte. É o corpo quem fala e os pés que anunciam o espetáculo. O esporte trazido de longe e transformado pelo gingado brasileiro.

Poesia no balançar das redes, lágrimas pela vitória e sofrimento pela derrota. O futebol tem dessas coisas. Do apito inicial ao término dos noventa minutos, o mais puro sentimento derramado pela bancada. No auge, o ritmo ditado pelos instrumentos, bandeirões, papeis picados, livres de restrições. As proibições que sufocam os apaixonados como um todo.

Tema de filmes, músicas, crônicas e afins. De onde tiraremos inspiração para escrever se tudo isso acabar? Qual será nossa motivação para as tardes dominicais se não houver o futebol? Ou as quartas-feiras de partida noturna? Quais templos frequentaremos se não houver peleja? O que dizer das divisões inferiores que precisam de calendário, e mais ainda suas torcidas, se não puderem mais alentar?

Do sonho de meninos e meninas que almejam um dia conquistar a bola e rendê-la, o feitiço precisa existir. Precisamos manter viva a chama que tomava outrora as almas que enchiam estádios. Precisamos dessa inspiração. Precisamos de pessoas dispostas a manter o afeto pela cancha acima de tudo. Ensinar desde tenra idade seu significado. O alambrado, cimento, a cadeira, seja aonde for. A beleza da modalidade, o apoio e tudo mais que nos encanta. Deixar um legado. Seguir mantendo o futebol como nossa inspiração transmitida claramente as gerações seguintes. Como uma herança, mostrar que não é só um esporte. Mais do que palavras, ações concretas.

Sim, brando a cada palavra: esse amor não pode morrer. Essa loucura exacerbada não pode sucumbir. O cultive, mesmo que tudo conspire contra.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle