Vai ter pedras no caminho para o hexa

Atualizado: 26 de Jul de 2020

A passagem já está comprada para a Copa do Mundo, mas é sempre bom confirmar o bom futebol. E essa foi a missão da seleção canarinho no fim da tarde dessa terça-feira. Com uma escalação diferente, o Brasil entrou em campo com: Alisson, Dani Alves, Thiago Silva, Marquinhos, Filipe Luis, Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Willian, Neymar e Firmino. A Colômbia, vice-líder, veio com: Ospina, Arias, Zapata, Davinson, Fabra, Carlos Sánchez, Aguilar, Cardona, James Rodríguez, Cuadrado e Falcao García.

Com histórico recente de jogos difíceis contra os colombianos, os brasileiros entraram em busca da décima vitória consecutiva. Tivemos um primeiro tempo lento, com o Brasil sentindo a ausência de Coutinho, Gabriel Jesus, Marcelo e Casemiro. Foram poucas chances claras de gol das duas seleções e muitas faltas, nos dando uma primeira etapa pouco criativa. Mas com relapsos de bom futebol da seleção pentacampeã. O fraco futebol apresentado não foi suficiente para impedir o gol brasileiro. No apagar das luzes do primeiro tempo, Neymar recebeu um cruzamento de Daniel Alves e ajeitou para Willian empurrar para o fundo da rede. Placar aberto e uma esperança de um segundo tempo verde e amaralo.

A segunda etapa começou com a Seleção Brasileira tendo um toque de bola envolvente, mas foi a Colômbia que balançou as redes. Aos 10'' em uma jogada entre Arias e James, Falcao García deixou o placar igual e deu novo ânimo a seleção colombiana. A Colômbia criou coragem para 'desbravar' o ataque brasileiro. O time colombiano criou chances, enquanto o Brasil sentiu o gol e pouco criava. Tite percebeu a forma abatida dos brasileiros e colocou Coutinho e Gabriel Jesus para tentar passar novamente a frente do placar e manter os 100% sobre o comando do treinador. A seleção criou, chegou ao ataque, mas não teve nenhuma conclusão efetiva e a partida terminou em 1x1 e manutenção da liderança.

A promessa de jogo difícil foi cumprida, sentimos as ausências e anotamos as falhas. O Brasil segue sendo uma seleção forte e uma das favoritas para ser campeã da Copa do Mundo. Os tropeços servem para nos organizarmos e nos aproximar ainda mais do time, para que no próximo ano possamos conquistar o hexacampeonato.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle