O que está acontecendo com você, tricolor?

Atualizado: Jul 26

Difícil acreditar que um time hexacampeão brasileiro, reconhecido ao redor do mundo e um dos mais tradicionais está indo de mal a pior. Na última rodada contra a Ponte Preta, o Tricolor abriu 2 a 0 e cedeu o empate, em pleno Morumbi, com mais de 42 mil torcedores presentes. Vale lembrar que o São Paulo está na zona de rebaixamento por 11 rodadas, e a situação parece que não vai melhorar.

A verdade é que o Dorival Jr. tem muito o que trabalhar. O time não é tão ruim, o problema está internamente. E nem mesmo a chegada de Hernanes deu um outro ar ao ambiente. Querendo ou não, o Profeta não é milagroso para resolver os problemas sozinho. A equipe sofreu 35 gols no Campeonato, a segunda pior defesa, ficando atrás do lanterna Atlético Goianiense, com 36. É necessário dar estabilidade ao sistema defensivo, optando por quem está em um melhor momento.

​O São Paulo precisa de controle emocional. Ficou nítido na última partida que, após fazer os gols, o time sossegou e quando Jucilei foi expulso, desmoronou. A Ponte iria pra cima, com certeza. E Sidão teve que mostrar trabalho em três ótimas oportunidades. Poderia ser pior se não fosse suas defesas. O time precisa urgentemente mudar sua postura e não procurar culpados. A torcida está fazendo sua parte. Compareceu em peso no treino e em vários jogos leva mais de 40 mil torcedores ao estádio. Ontem (13), um grupo formado por torcedores organizados, sócios torcedores e comuns, uniram forças e estiveram no CT para uma reunião com todo o elenco e diretoria. O principal intuito foi mostrar que somos fortes o suficiente para reverter toda essa situação.

Resolver problemas internos, táticos, defensivos e de ataque, devem ser prioridade. Não é possível continuar assim, em 23 rodadas foram apenas 24 pontos conquistados. O próximo jogo será fora de casa, contra o Vitória, corrida direta pela fuga do rebaixamento, pois seu adversário está com 26 pontos e duas posições a cima do Tricolor.

A torcida acredita na sua recuperação, TRICOLOR! Somos grandes demais para sucumbir a essa situação. A luta continua e deve ser jogo a jogo. Só precisamos de raça e que os jogadores honrem a camisa que vestem, pois não é pra qualquer um. “Avante Tricolor, é o time de guerreiros, você é o meu amor”.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle