Até que ponto vai a hipocrisia no futebol?

Atualizado: Jul 26

Desde domingo, a resenha no futebol gira em torno do gol do Jô na última rodada do Brasileirão. Óbvio que deveria ser discutido, afinal o atacante do Corinthians utilizou o braço para empurrar a bola para o fundos das redes. Mas o que estamos presenciando é uma chuva de críticas que ferem o caráter do jogador.

Jô errou. E muito. Não só pelo gol ilegal, mas também pelo o que falou na entrevista: “Eu não tenho convicção se foi com o braço, se tivesse eu ia falar. Pela TV é fácil de ver. Me joguei, tanto que caí dentro do gol. Se ele deu gol, foi gol. Só vi que a bola entrou”. Posso até acreditar que ele se jogou na bola, mas bateu no braço e com certeza ele sentiu. E outra, é hipocrisia dizer que falaria, com o time precisando do gol. Até porque a bola teimava em não entrar no domingo.

Na semifinal do Paulista, o Rodrigo Caio teve uma atitude louvável quando reconheceu que ele havia tocado no Renan Ribeiro, e não Jô, evitando assim que o corinthiano levasse amarelo e ficasse de fora da partida de volta. O atacante do Timão saiu em defesa do zagueiro do São Paulo, e elogiou sua atitude. Afinal, poucas pessoas teriam a mesma honestidade. E o pior de tudo, agora diversos colegas do Jornalismo, os quais tenho imensa admiração, estão repercutindo o que foi dito na época por Jô, e cobrando o porquê do atleta não fazer o mesmo. Desculpa, mas estão exagerando.

Não é de hoje que os erros de arbitragem prejudicam os times e seleções. Isso vem de muito tempo, como na Copa do Mundo de 1966, quando a Inglaterra fez um gol irregular contra a Alemanha Ocidental, e consagrou-se campeã. Conhecemos bem o caso do gol de mão de Maradona, na Copa de 1986. O “passe” de mão de Thierry Henry, na Copa do Mundo de 2010. Entre inúmeros casos que correram o mundo.

Eu não quero defender o gol irregular de Jô e muito menos o erro grotesco da arbitragem. Só queria compreender o porquê tanto esculacho sobre o caráter de Jô. Será que é porque o Corinthians é líder? Com 10 pontos de vantagem? Por que isso não aconteceu no primeiro turno com o gol de mão de Luis Fabiano, do Vasco? Escutei que era porque não influenciou no resultado. Ainda bem, né? Afinal, o Corinthians foi competente o suficiente para fazer mais três gols. Vale questionar o caráter do jogador por conta de um lance? Por que tanta hipocrisia? Se fosse o seu time, o que diria?

Eu li em diversos comentários “Por isso que o Brasil não vai pra frente”; “Jô é o retrato que o Brasil deu errado”; “Jô só mostra que esse país não tem jeito”. Calma ai, né? O atacante do Corinthians não é o culpado de tudo que acontece no Brasil. Comparar um erro no futebol com a corrupção no país, ultrapassa os limites do ridículo, me desculpe. Deve-se atentar ao que realmente importa. E outra, o Jô não tinha a obrigação de dizer que a bola bateu em seu braço. É trabalho da arbitragem! Tem um poste atrás do gol, e ele não foi capaz de anular a jogada? Então né?!

Muitos jogadores pagando de bonzinhos estão julgando o Jô dizendo que ele deveria ter sido honesto e falado, mas e se fossem eles, teriam falado? Em entrevista à imprensa, Petros, jogador do São Paulo, deu sua opinião e preferiu não julgar o corinthiano: "É uma coisa muito pessoal. Quem sou eu para julgar a atitude de alguém? Cada um pensa com sua cabeça, cada um tem seu mundo. Nunca vivenciei uma situação como essa, mas já vivenciei uma equipe que está ganhando devolver a bola, mas quando está perdendo ela não devolve. Então, até onde vai o fair play no futebol? É uma questão a ser repensada, porque existe um pouco de hipocrisia sobre isso". Acredito que, antes de tudo, devemos refletir sobre os julgamentos e saber o que faríamos se a situação fosse com o nosso time do coração.

A verdade é que erros como esses não devem acontecer. Durante o Campeonato Brasileiro desse ano, tivemos diversas situações incomodas em que erros influenciaram, e muito, no resultado. Talvez, a implantação do árbitro de vídeo facilite quanto a isso. Mas será que estamos preparados para lidar com essa tecnologia? Ou haverá polêmicas quando anularem gol, aplicarem cartões ou expulsões, quando o time for grande?

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle