Como é ter um coração de torcedor

Atualizado: Jul 25

O coração do torcedor é algo que deveria ser estudado pela medicina e pelas ciências sociais. É um coração forte, bate num ritmo acelerado pelo menos duas vezes na semana, possuí picos em que parece que bate tão rápido que vai parar. E qual o motivo desse desequilíbrio que fortalece o coração? Isso mesmo, a paixão pelo time.

Pra muita gente, a escolha do time foi involuntária, herdou de alguém da família e caiu tão bem que foi a opção mais acertada. Para outros, foi um acaso da vida que determinou que não seguiriam o time que seus pais tinham escolhido, porque seu coração bateu mais forte por outro time.

O coração bate mais forte de raiva, tristeza, alegria, um misto de emoções que só uma partida de futebol proporciona a um aficionado. E tem momentos que ele desacelera e quase não dá pra sentir que ele está lá.

Não importa o resultado da partida, enquanto o jogo tiver acontecendo, o coração vai ter altos e baixos, vai desesperar, vai se assustar e vai acompanhar cada jogada do seu time. Mas não tem nada mais gratificante do que um coração disparado depois de uma vitória importante, de um gol bonito, de um gol sofrido, de um resultado merecido.

O coração do torcedor tem que ser estudado pra saber como ele aguenta, como ele sobrevive a tanta emoção o ano todo, a vida toda. O que importa é que esse coração nos mostra o que é estar vivo, e estar vivo é torcer e se emocionar. O coração do torcedor é o mais forte que já se ouviu falar!

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle