Os motivos pelos quais não desisto do futebol nordestino

Atualizado: Jul 25

Há alguns meses, fui questionada por um conhecido acerca dos motivos pelos quais torcia para um time nordestino. "Ah, mas o jogo é feio! Você já assistiu os jogos da Champions League?". Parei um pouco, pensei e balbuciei algumas palavras, mas aquilo ficou martelando na minha cabeça durante dias, simplesmente porque nunca havia pensado nisso antes. Como explicar o torcer? Não há explicação, nem regra, nem fórmula. Há sentimento.

Eu torço para um time nordestino porque gosto da vibração das arquibancadas muito mais do que do sofá da sala. Torço porque é bonito ver as pessoas nas ruas vestidas dos seus mantos depois de um clássico local. Torço porque os sofrimentos e frustrações tornam as vitórias muito mais prazerosas. Torço porque o fácil nunca me atraiu.

Torço porque gosto de ser do time "contra tudo e contra todos". Torço porque gosto de ver as caras abismadas de quem nos subestimavam. Torço porque é nele que me encontro, é onde vejo meu pai, meu vô, minha amiga de infância, o rapaz da rua vizinha. Torço porque em tantos, parecemos um. Torço porque aquele time tem um pouco da minha cara, do meu sangue, da minha luta.

E apesar de tentar explicar os motivos, sei que serão insignificantes frente ao que nos move. Só entende, quem vive. Quem torce. Quem se entrega. E para entender isso, nem precisa ser torcedor de time nordestino, basta ser torcedor, pois apesar dos escudos distintos que carregamos, nos nossos peitos saltam o mesmo amor.

Por fim, cheguei a conclusão que não há uma explicação exata, mas há uma beleza enorme em ser abstrato. Então, quem quiser saber nossos motivos, só vindo para nossa massa. Talvez, assim, consiga entender um pouquinho do que é amar por amar, sem ter a necessidade de procurar um porquê.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle