O meu, o seu, o nosso: Pacaembu

Atualizado: Jul 26

O Estádio Paulo Machado de Carvalho, ou simplesmente Pacaembu, é dos maiores símbolos da cidade de São Paulo. Está situado na Praça Charles Miller, no bairro do Pacaembu.

O estádio foi construído de 1938 a 1940. A cerimonia de inauguração aconteceu no dia 27 de abril de 1940, com a presença do prefeito da cidade, Prestes Maia, e do então presidente da república, Getúlio Vargas, que foi vaiado pelos mais de 50 mil paulistanos presentes. Outra forma de manifestação contra o regime Vargas foi a ostentação das cores da bandeira do Estado de São Paulo, o que era proibido no governo de Getúlio, durante os desfiles das delegações que representavam clubes da capital, já que o São Paulo Futebol Clube possui as cores do estado. O fato foi aplaudido por todo público presente e rendeu ao tricolor o apelido de “o mais querido”.

No dia seguinte, foi dado o pontapé esportivo do estádio, com direito à rodada dupla na Taça Cidade de São Paulo. A primeira partida foi disputada entre Palestra Itália e Coritiba, tendo o verdão como vencedor, por 6 a 2. Na sequência, o Corinthians enfrentou o Atlético Mineiro e venceu por 4 a 2.

Em 1961, o Pacaembu passou a se chamar Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, em homenagem ao empresário e dirigente bi-campeão com a seleção brasileira. Poucos sabem a importância do Paulo Machado de Carvalho, mas ele foi o responsável por inaugurar a TV Record, a rádio Jovem Pan, entre outros meios de comunicação radiofônicos. Ele sempre foi muito ligado aos esportes, inclusive atuou como presidente do São Paulo, tornou-se dirigente da seleção e foi importantíssimo nas conquistas da Copa do Mundo de 1958 e 1962.

O Corinthians é o clube que mais realizou partidas no estádio, com o total de 1.690. O “Paca” tem um lugarzinho especial reservado no coração de cada alvinegro, porque durante muitos anos foi a casa do Timão e palco de diversos momentos históricos. Particularmente, eu tenho um grande amor por esse estádio, e quando fui pela primeira vez para assistir a um jogo do Corinthians, eu me emocionei, pois para sempre será a “Saudosa Maloca” corinthiana.

Em 2008 foi inaugurado, no Pacaembu, o Museu do Futebol, um passeio sensacional para todos os amantes do esporte. No museu encontramos a história, narrações, fotos, camisas de jogadores, além de atividades educativas e oficinas realizadas no local.

Atualmente, o estádio recebe poucas partidas de futebol, em decorrência de todos os clubes paulistas possuírem uma casa. Durante esse ano, os clubes Palmeiras e São Paulo, durante shows realizados nos respectivos estádios, mandaram jogo no Pacaembu. O Santos realizou algumas partidas no estádio e o Corinthians não jogou. Em decorrência disso, a prefeitura deve passar o símbolo da cidade para a iniciativa privada, por 35 anos.

É inegável, o Pacaembu é extremamente importante para todos os paulistas. Não importa se é torcedor do Corinthians, Palmeiras, São Paulo ou Santos, sempre haverá uma memória afetiva e um carinho pelo estádio.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle