O pontapé inicial

Atualizado: Jul 26

Um dia desses parei para pensar sobre qual foi o motivo que me levou a começar a gostar de futebol. Tem umas pessoas que aprendem a gostar por causa do pai, da mãe ou dos dois, outros começam a gostar com o tempo… Comigo foi esse segundo caso, porque meus pais não têm tanta paixão pelo esporte como eu.

Lembro claramente que tudo começou a ficar mais sério em 2010, durante a Copa da África do Sul. Antes disso, eu assistia um jogo aqui, outro ali, mas nada ainda tinha me despertado suficientemente o desejo por esse universo. Nessa época, eu tinha 12 anos e lembro que acordava cedinho nas férias para assistir os jogos da fase de grupos. Ao longo de toda a primeira fase, assisti ininterruptamente todas as partidas. Era incrível e fascinante como aquilo que assistia pela TV conseguia prender minha atenção de uma forma tão mágica.

É verdade que o clima em época de Copa do Mundo é bem diferente, porque toda a nação se volta para o espaço dentro das quatro linhas e deposita a esperança naqueles jogadores que entram em campo para nos representar. Mas, uma vez que você entra de cabeça, corpo e alma no mundo do futebol, você não consegue mais sair. E para mim isso é ótimo, porque consegui sentir e compreender um amor inexplicável a esse esporte tão importante.

E me sinto grata. Grata ao futebol por ter me proporcionado tantos momentos maravilhosos desde que era aquela garotinha, por ter me dado oportunidades de conhecer pessoas sensacionais e de ter norteado a minha escolha profissional quando não tinha nenhuma noção do que fazer. E você, por que começou a gostar de futebol?

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle