Gestão e futebol

Atualizado: Jul 26

Não é novidade que para alcançar bons resultados, dentre alguns aspectos precisamos organizar nossas vidas. Gestão profissional, financeira, de tempo, de atividades a serem exercidas, alimentação e tantas outras. É essencial para enfrentar os imprevistos e os percalços no caminho, e desta forma obter ao menos um resultado satisfatório.

No futebol não é diferente. Durante o jogo, há técnica, esquema tático, triangulação, preparo, jogada ensaiada. Em contrapartida, o backstage é de suma importância para que o espetáculo aconteça. Harmonia entre os jogadores, diretoria, comissão técnica e presidência.

Uma vez que superintendentes responsáveis pela administração do clube não se entendam e almejam apenas dinheiro, torna-se quase impossível que os resultados dentro de campo não reflitam a má organização. Contratações e vendas erradas, entrada e saída de técnicos durante os campeonatos, erros idênticos ao de anos anteriores, falta de sintonia entre os jogadores, são apenas alguns dos pontos principais que vários clubes da série A já passaram e levaram ao temido rebaixamento.

Não acredito que é necessário chegar ao fundo do poço para tomar atitudes diferentes. Ficar doente para valorizar a vida, perder alguém para perceber que poderia ter sido uma pessoa melhor. Muda o técnico, muda o time, o egoísmo permanece e esquecem a parte principal que estava lá há anos e estará nos próximos, a torcida. O verdadeiro motivo da força de um clube, parte dos investimentos e da renda, o incentivo, quem mais sofre no meio dessa bagunça toda.

Os avisos e recomendações são dadas, nada muda se a gestão não mudar.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle