• Alessandra Formagini

Pela 12ª vez, ACBF é a melhor do Rio Grande do Sul

Atualizado: Out 14

O que move centenas de pessoas a saírem de casa em plena segunda-feira à noite? Em Carlos Barbosa, na Serra Gaúcha, é o esporte favorito que conquistou o coração dos seus quase 30 mil habitantes - diferente da grande maioria das cidades brasileiras onde o futebol é o mais amado. E deu ao município o título de Capital Nacional do Futsal.

Na noite de ontem (17), o Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra foi o palco de um embate já tradicional no salonismo gaúcho: de um lado ACBF (Carlos Barbosa/RS), de outro Atlântico (Erechim/RS) e no confronto uma lista gigantesca de taças conquistadas por ambos os lados. Desta vez, o que estava em jogo era a taça da Liga Gaúcha – Série Ouro 2018.

A ACBF saiu na frente. Não no jogo, mas na primeira partida, em Erechim, quando venceu por 1 a 0 os donos da casa. Já em solo barbosense, quem se colocou à frente no marcador foi o Atlântico. Aos 6 minutos, Selbach surpreendeu a torcida e abriu o placar. Porém, a vantagem durou pouco tempo e o empate – que já dava o título para a ACBF – veio 6 minutos depois, dos pés de Mithyuê. A virada aconteceu ainda na primeira etapa, a um minuto do intervalo, com Marlon.

Se o primeiro tempo foi de certo equilíbrio, na segunda etapa a ACBF mostrou para sua torcida porque merecia o título de melhor do Estado. Aos 13 minutos, Douglinhas não fez um gol: fez uma pintura. Em um lance de mais de 30 metros, de área a área encobriu o goleiro e fez 3 a 1. Na necessidade de vencer, para levar o jogo à prorrogação, e vendo o tempo acabar, o Atlântico foi para o tudo ou nada e apostou no goleiro linha. Porém, quem muito ataca, pouco defende. A ACBF, tranquila em quadra, aproveitou as brechas e completou o placar com gols de Marlon, novamente, e Pesk, no último minuto.

O placar de 5 a 1 decretou a vitória da ACBF e o título de campeão da Liga Gaúcha Série Ouro. Com isso, pela 12ª vez, a taça fica na Capital Nacional do Futsal. Já o Atlântico de Erechim fica no quase mais uma vez. Apenas neste ano, foram quatro finais. E quatro vices.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle