1972: o tricampeonato do Independiente no Avellaneda

Atualizado: 26 de Jul de 2020

A 13ª edição da Libertadores da América teve a participação de 20 times de dez nacionalidades. O Brasil foi representado pelo Atlético Mineiro e São Paulo. Em 68 partidas, foram marcados 176 gols, uma média de 2,59 por partida.

Seis anos após conquistar o bicampeonato na maior competição sul-americana, o time argentino iniciou a sua trajetória na fase de grupos, onde teve como adversários o Rosário Central, Santa Fé e o Atlético Nacional. Em seis partidas, os diablo rojo venceram quatro jogos e empataram dois.

A invencibilidade na fase inicial deu a oportunidade dos jogos decisivos serem decididos em casa. Na semifinal, os argentinos duelaram com o São Paulo e o Barcelona de Guayaquil. Nem mesmo a derrota abalou o Independiente, que estava em mais uma final, desta vez, contra o Universitário.

A primeira partida foi realizada em Lima. Mais de 45 mil torcedores assistiram a uma partida apática, onde um 0 a 0 foi o resultado final. A grande decisão ocorreu no dia 29 de maio, no estádio La Doble Visera – mais conhecido como Avellaneda.

O embate entre as duas equipes foi eletrizante, os argentinos balançaram as redes com Maglioni. O placar de 1 a 0 estava indefinido, até que Maglioni balançou novamente as redes, o Universitario descontou com Rojas.

Com o apito final, o Independiente pode erguer novamente a taça da Libertadores da América.

0 comentário

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle