1986: a continuação do triunfo argentino

Atualizado: 24 de Jul de 2020

A 27ª edição da Libertadores, ocorrida em 1986, possui um fato caloroso para a história: não contou com times da Venezuela no torneio, por causa de uma punição que a FIFA atribuiu a Federação Venezuelana de Futebol devido a irregularidades na administração. Com isso, os clubes Estudiantes de Mérida e Desportivo Táchira não puderam participar da edição, assim o torneio contou com 19 times em busca do título.


Na primeira fase, dividida em quatro grupos com quatro equipes e um de dois, devido ao fato ocorrido com a Venezuela, os primeiros colocados dos grupos eram os classificados para a próxima fase do torneio. Assim, se classificaram para as semifinais: River Plate, líder do grupo 1 com 11 pontos; Bolívar, grupo 2, nove pontos; Barcelona SC, grupo 3, oito pontos; América de Calí, do grupo 4 com nove pontos e Olímpia, do grupo 5 com seis pontos. Além do Argentino Juniors, campeão da Libertadores de 1985, que, com a vitória, se classificou direto para a fase semifinal do torneio.


A semifinal foi dividida em dois grupos, A e B, que continham três times cada. Apenas o campeão de cada grupo seria classificado e iria disputar a grande final com o primeiro lugar do outro grupo. O grupo A, composto por River Plate, Argentino Juniors e Barcelona SC, além das partidas normais para a disputa do primeiro lugar, também teve a partida de desempate, já que o River Plate e o Argentino Juniors, dois times argentinos, terminaram após os seis jogos empatados. Só que a artida de desempate também terminou empatada em 0 a 0 com direito a prorrogação. Com essa situação, a definição do primeiro lugar do Grupo A foi decidida a partir do Saldo de Gols (SG), em que o River possuía 4, enquanto o rival, 2. Dessa forma, o River foi o classificado do grupo A para a grande final.


Já o Grupo B, composto pelos times: América de Calí, Olímpia e Bolívar, todos de países diferentes, teve sua definição do primeiro lugar nas seis partidas normais. Em partidas disputadas em Assunção, La Paz e Calí, o América de Calí conseguiu a primeira posição e se classificou para disputar a final contra o River.


A decisão então, com os times classificados, acontecera nos dias 22 e 29 de outubro de 1986. O jogo de ida, que aconteceu na casa do time colombiano, Calí, contou com um público de 48 600 pessoas, mas quem se deu melhor na partida foi o rival, que ganhou de 2 a 1. O jogo de volta, em terras argentinas, que já seria melhor para o time da casa pela vitória fora, contou com 80 mil pessoas de público, em que grande parte já esperava sair do Estádio vitoriosa. Dito e feito: o River, time da casa, ganhou a partida em casa por 1 a 0, com gol no segundo tempo da partida e se consagrou campeão do torneio pela primeira vez na história, após frustrações em 1966 e 1976.

0 comentário

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle