1990: o bicampeonato do Olímpia

Atualizado: Jul 26

A trigésima primeira edição da Libertadores contou com 19 participantes, 184 gols em 83 partidas, disputada no período de 25 de fevereiro a 10 de outubro teve como melhor ataque da fase de grupos três equipes empatadas com 9 gols cada: Colo Colo, Olímpia e Emelec enquanto a melhor defesa ficava por conta do Independiente que não sofreu nenhum gol nessa fase.


A maior goleada da competição também ficou por conta da equipe do Independiente que goleou o Pepeganga por 6 a 0 no Estádio Guatamari nas oitavas de final. Pertencente ao grupo 5 na fase de grupos, o Olímpia teve como adversário os clubes brasileiros Vasco da Gama e Grêmio, além do Cerro Porteño, terminou a primeira fase como líder do grupo totalizando sete pontos.


Não disputou as oitavas de final pois obteve classificação direta para a fase de quartas de final pois com a não participação dos clubes colombianos na libertadores de 1990, com exceção do Atlético Nacional que ganhou a edição de 1989, o grupo 2 contou com menos participantes e justamente os clubes desse grupo seriam os adversários dos classificados do grupo 5, como não havia com quem disputar a vaga, o Olímpia por ter obtido a melhor pontuação no grupo ganhou a classificação direta.


Nas quartas de final teve como adversário a Universidad Católica, venceu o primeiro jogo por 2 a 0 e empatou o segundo por 4 a 4, com o resultado agregado de 6 a 4, avançou para a fase semifinal e teve como concorrente o então campeão Atlético Nacional, após empatarem no placar agregado por 4 a 4 a decisão foi para os pênaltis onde o Olímpia levou a melhor ao marcar duas vezes, enquanto o Atlético Nacional só balançou as redes uma única vez.


O dia 3 de outubro foi marcado pelo primeiro jogo da final entre Olímpia e Barcelona de Guayaquil, em casa o Olímpia levou a melhor, balançando as redes por duas vezes com Amailla abrindo o placar aos 25 minutos e Samaniego fechando a conta aos 78 minutos de jogo. Já no dia 10 de outubro, Barcelona de Guayaquil e Olímpia empataram por 1 a 1 com gols de Trobbiani aos 62 minutos e Amarilla aos 81, consagrando o Olímpia bicampeão da América.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle