2004: de forma surpreendente, Once Caldas conquista título da Libertadores

Atualizado: Jul 26

A 45ª edição da Libertadores, ocorrida em 2004, contou com equipes das dez associações sul-americanas mais o México, somando 36 times participantes do torneio, quatro a mais que em 2003. Uma edição com grandes participantes, como Boca Juniors, Independiente, River Plate, Santos, São Paulo e Cruzeiro, foi surpreendente na disputa e no título.

Na primeira fase da competição, os 36 times foram divididos em nove grupos com quatro seleções em cada. Os primeiros colocados de cada chave estavam, automaticamente, classificados para a próxima etapa. Esta, também era preenchida com os cinco melhores segundo lugares, ou seja, as equipes que estivessem em segundo lugar com melhores pontuações. E as equipes classificadas para a oitava terminavam com mais duas vagas, que eram definidas em um mata-mata, também conhecido como play-off, entre os outros segundo lugares. Nesta fase, quatro times do Brasil conseguiram a classificação: São Paulo, Cruzeiro, Santos e São Caetano, este o responsável pela eliminação, nos pênaltis, do Independiente.

As oitavas de final, foram divididas em oito grupos com duas equipes cada. Os conflitos entre as equipes eram eliminatórios e o campeão classificado para a próxima fase. Os primeiros colocados, então, montavam a chave para as quartas de final, que classificava os times da mesma maneira que as oitavas.

As partidas de semifinais contaram com São Paulo, River Plate, Boca Juniors, e o não esperado Once Caldas, que desbancou o Santos e sofreu apenas uma derrota em todo o torneio. Esta etapa proporcionou um grande conflito: Boca e River, dois rivais argentinos, que teve a decisão nos pênaltis, classificando o Boca Juniors pelo saldo de 5 a 4. O outro lado da semifinal, que já sonhava com um clássico Brasil x Argentina foi surpreendido. A partida de ida, no Morumbi, terminou em 0 a 0 e aumentou as emoções para o próximo confronto. O jogo de volta, no Uruguai, estava em 1 a 1, resultado que levaria para a disputa de pênaltis. Mas, aos 45 do segundo tempo, Agudelo acertou a rede são paulina, evitou as penalidades e classificou o Once Caldas para a final. ­

A grande final ficou para ser decidida entre o grande Boca Juniors e o surpreendente Once Caldas. O jogo de ida aconteceu em terras argentinas, que acreditavam na vitória do Boca - três vezes campeão em quatro edições anteriores. Mas, o Once Caldas não estava para brincadeira. O jogo terminou em 0 a 0 e deixou para o último jogo ainda mais emocionante.

A última partida, em terras colombianas, também ficou empatada, mas dessa vez em 1 a 1. Com esse resultado, o campeão teve que ser decidido nos pênaltis. E, com uma vitória de 2 a 0, o Once Caldas de consagrou campeão da 45ª edição e tornava a Colômbia duas vezes campeã.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle