2006: Internacional conquista titulo inédito

Atualizado: Jul 24

A quadragésima sétima edição da Libertadores contou 32 equipes divididas em oito grupos como já ocorre no formato atual, entre esses times estava o Internacional que no ano de 1980 havia batido na trave e conquistado o vice campeonato. Os colorados caíram no grupo 6 junto com o Nacional (Uruguai), Maracaibo (Venezuela) e Pumas (México) considerado um grupo mais tranquilo o Internacional não teve muitas dificulades e obteve a melhor pontuação da fase grupos atrás do Vélez Sarsfield da Argentina, que ao decorrer acabou sendo eliminado nas quartas de final, com isso os colorados possuiram a vantagem de jogar em casa os segundos jogos a partir das oitavas de final.

O Internacional fez sua estreia na competição fora de casa contra o Maracaibo, a partida ocorreu no estadio José Pachencho Romero, Santa Rita no dia 16 de fevereiro às 20h. A equipe brasileira saiu na frente com o lateral Ceará que marcou o primeiro gol logo aos 3 minutos do segundo tempo, porémm o Maracaibo marcou o gol de empate com Maldonado no finalzinho aos 43 minutos, com isso o inter manteve a sina de até então não ter ganhado nas estreias da Copa Libertadores.

Mesmo sem uma vitoria na estreia o Inter, somou 14 pontos em seu grupo ficando na liderança com cinco pontos de vantagem para o Nacional, e ao decorrer dessa fase os brasileiros conquistaram placares expressivos. Logo após o empate, os gaúchos obtiveram uma vitoria de 3 a 0 diante do Nacional em Porto Alegre, fora um 4 a 0 na partida de volta contra o próprio Maracaibo - que acabou sacramentando a ida dos comandados de Abel Braga para as oitavas de final da competição.

Já classificado para a segunda fase o adversário dos brasileiros pela colocação foi novamente o Nacional (Uruguai), a partida ocorreu em Montevidéu em um jogo emocionante, os brasileiros ganharam de virada. O primeiro gol foi dos uruguaios aos 29 minutos ocorreu um escanteio pela esquerda e Vanzini abriu o placar de cabeça, aos 47 minutos do primeiro tempo Jorge Wagner marca no ângulo de falta e deixa tudo igual no placar. No segundo tempo a partida ficou um tempo interrompida devido problemas com a torcida dos donos da casa que arremessavam objetos no gramado, após um tempo e com conversas a partida recomeçou e com mais objetividade. Rentería marcou um golaço virando o placar para 2 a 1. Na partida de volta no Beira-Rio ocorreu um empate sem gols , assim o Inter se classificou para as quartas de final da Libertadores.

Por essa fase o adversario foi a LDU ( Equador) o jogo de ida ocorreu em Quito, e os brasileiros sofreram um duro golpe perdendo a partida por 2 a 1 de virada. Um jogo com muitas dificuldades, e um dos fatores era a altitude de 2.800 m da cidade. Quem abriu o placar foi o lateral Jorge Wagner aos 25 minutos em chute forte que acertou o canto esquerdo do goleiro Mora, porém, aos 12 minutos do segundo tempo Delgado empatou a partida, e aos 38 minutos em um levantamento da esquerda Graziani cabeçou pro fundo do gol colocando um ponto final no placar. Assim o Internacional conheceu sua primeira derrota na competição, o jogo da volta ocorreu no dia 19 de julho após a Copa do Mundo da Alemanha, a partida aconteceu em Porto Alegre e os colorados precisavam vencer a partida por 1 a 0 para avançar na competição. Mas eles fizeram mais, venceram por 2 a 0 com um segundo tempo espetacular, quem abriu o placar foi o atacante Rafael Sobis e Ranteri marcou o segundo gol selando o placar e assim avançando para as semifinais.

Nas semifinais o adversário foi o surpreendente Libertad do Paraguai a primeira partida ocorreu em Assunção e o placar se manteve zerado, sendo assim, o Inter decidiu tudo no Beira-Rio e Alex e Fernandão fizeram a felicidade dos colorados marcando os dois gols do jogo em uma partida impecável o Internacional avançou para a grande final seu adversário foi o São Paulo.

O jogo de ida ocorreu no Morumbi, com o estádio com mais de 70 mil torcedores o Internacional não se abateu e venceu o tricolor atual campeão do mundo por 2 a 1 os dois gols foram marcados pelo atacante Rafael sobis. Na noite do dia 16 de agosto de 2006 no BeiraRio ocorreu o segundo jogo a decisão final. E os comandados de Abel Braga não decepcionaram a massa vermelha e conseguiram um empate suado, os gols do time paulista foram marcados por Fabão e Lenílson e os gols do time do sul foram marcados por Fernandão e Tinga. Ao apito final os colorados fizeram a festa pois conquistaram pela primeira vez a tão sonhada Libertadores.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle