O futebol e a inclusão ao idoso

Atualizado: 26 de Jul de 2020

Há quem pense que o futebol se resume em duas equipes, uma bola e um campo. O lazer e o âmbito social se tornam meros detalhes aos olhos de quem acredita que gostar tanto de um esporte não passa de uma verdadeira bobagem.

Mas se essa pessoa caminhar pelas alamedas do Estádio Anacleto Campanella, na cidade de São Caetano, localizada na região metropolitana de São Paulo, e encontrar um grupo de idosos animados enquanto conversam ou concentrados em uma eletrizante partida de dominó, as chances de mudar de ideia são grandes.

Para esse grupo o futebol é coisa séria, tanto é que em 1998 eles criaram uma das torcidas organizadas mais tradicionais do São Caetano: a Bengala Azul. Presidido pelo torcedor Agostinho Folco, o grupo já existia antes de ser oficializado e os integrantes se reuniam para assistir aos treinos e jogos do Azulão.

Eles acompanharam, juntos e de perto, a ascensão meteórica do time na década de 2000. Os torcedores comemoraram os títulos do Paulista da Primeira Divisão (2004), do Paulista da Série A2 (2000 e 2017) e do Paulista da Série A3 (1991 e 1998).

Também marcaram presença nos jogos em que o Pequeno Gigante se sagrou vice-campeão do Campeonato Brasileiro da Série C (1998), da Copa João Havelange (2000), do Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão (2001), da Copa Libertadores da América (2002) e do Paulista da Primeira Divisão (2007).

Muito mais que uma torcida, uma história de vida e um escudo no lugar do coração. É assim que os Vovôs do Azulão se definem. Mesmo com o time de coração prestes a disputar mais um Campeonato Brasileiro da Série D, eles dizem que o amor não tem divisão e já confirmaram presença nas futuras partidas.

A Bengala Azul é cadastrada na Federação Paulista de Futebol e já contou com mais de 650 associados. Quando o assunto são novos membros, as portas estão abertas, mas é preciso seguir algumas regras. Segundo os torcedores, é necessário ter mais de 60 anos, ser teimoso, ter algumas dores nas costas e disponibilidade para sofrer nos jogos do São Caetano.

Os vovôs se juntam aos jovens de outras organizadas do São Caetano, são elas, a Comando Azul, a Gladiadores e a Torcida Jovem, não só para empurrar a equipe rumo a novas conquistas, e sim, para evidenciar a importância da integração entre as gerações e a valorização do esporte como fator de saúde e bem-estar dos idosos.

0 comentário

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle