Em noite de Suárez, Barcelona acaba com o Real Madrid

Atualizado: 24 de Jul de 2020


Mais um dia de El Clasico, mais um dia de Real Madrid e Barcelona

Depois do 1 a 1 no Camp Nou agora foi a vez do Santiago Bernabeu receber o maior clássico do mundo. Dessa vez com Messi entre os titulares o Barcelona entrou em campo precisando marcar um gol pelo menos, mas viu o Real Madrid pressionando sua saída de bola e querendo mais o jogo nos primeiros minutos.


O jogo começou pegado, com faltas duras e aos 15 minutos o time da casa pediu um pênalti em Vinícius Junior, mas o árbitro não viu ação faltosa de Semedo e deixou o jogo seguir. Logo depois Vinícius, sempre presente no ataque, perdeu uma ótima chance de marcar e viu Dembélé desperdiçar um contra ataque logo em seguida.


No decorrer do primeiro o tempo o que se viu foram apenas boas chances do Real Madrid e todas envolvendo o brasileiro Vinicius Junior que teve duas grandes chances de abrir o placar. Depois de uma dessas oportunidades Vinícius inclusive chamou a torcida para o jogo. Impressionante ver o jovem brasileiro e sua desenvoltura com a camisa do atual tri campeão consecutivo da Champions League. Apenas na casa dos 40 minutos que Messi conseguiu uma boa jogada, até então estava completamente preso na marcação do Real Madrid.


O primeiro tempo foi completamente dominado coletivamente pelo Real Madrid, que sofreu pouco e criou ótimas chances. Mais uma vez o brilho do time foi o camisa 28, Vinícius Junior. No decorrer do primeiro tempo o jornalista João Castelo Branco, presente no estádio, relatou insultos racistas de três ou quatro torcedores do Real Madrid que imitavam os sons de um macaco quando Dembélé pegava na bola. Atitude deplorável desses torcedores. Infelizmente ainda temos que nos deparar com tamanho racismo e ignorância durante um jogo de futebol.


Os times voltaram iguais para o segundo tempo e foi o Real Madrid que iniciou as ações ofensivas. Porém aos 50 minutos Alba passou linda bola para Dembélé, que encontrou Suárez para abrir o placar. Apesar de todo domínio do time da casa quem abriu o placar foi o Barcelona. Real Madrid 0 x 1 Barcelona.


Nesse momento quem passou a precisar de um gol foi o Real Madrid, isso para pelo menos levar para os pênaltis. Para conquistar a vaga seria preciso dois gols. O jogo então ganhou muita intensidade com o Real Madrid buscando o ataque de todas as formas.


Aos 61 Vinícius Junior fez uma jogada incrível na lateral e cruzou para o cabeceio do lateral Reguilón que parou na defesa inacreditável de Ter Stegen. Outra vez, aso 66, Vinícius teve linda arrancada, deixou Piqué no chão e quase marcou não fosse Ter Stegen. Logo em seguida o castigo pelos gols perdidos veio. Contra ataque do Barcelona, cruzamento de Dembélé e Varane, tentando impedir a investida de Suárez, empurrou a bola para dentro de seu próprio gol. Real Madrid 0 x 2 Barcelona. O time da casa precisava agora de três gols para conseguir a vaga.


Abalado o Real Madrid recomeçou o jogo já perdendo a bola e Casemiro parou Suárez com falta. Pênalti para o Barcelona. Suárez, com uma linda paradinha, marcou. Real Madrid 0 x 3 Barcelona. O Real Madrid agora precisaria de quatro gols.


Nos minutos seguintes os times fizeram suas substituições e apesar de algumas tentativas o que se viu foi o desespero do Real Madrid tentando o impossível. Com direito a vaias para Gareth Bale quando tentou um chute horroroso, na sua primeira jogada em campo.


Fim de jogo, Real Madrid 0 x 3 Barcelona, placar agregado 1 a 4. Apesar de um primeiro tempo muito melhor do Real Madrid, a vaga ficou com o Barcelona que foi perfeito no segundo tempo e marcou 3 gols. Assim o time da Catalunha vai à final em busca de seu quinto título consecutivo da Copa del Rey depois de sua impressionante vitória na casa do maior rival.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle