Manchester United faz o impossível em Paris

Atualizado: Jul 26

Depois da vitória de 2 a 0 do PSG em Old Trafford, agora era a vez do Manchester visitar Paris em busca de um grande resultado. Para aqueles que esperavam um jogo morno o início já mostrou o quanto seria diferente. Na falha da zaga, Lukaku roubou a bola e abriu o placar com 2 minutos de jogo, já colocando fogo na partida e o Manchester de volta ao mata mata. Foi o primeiro gol do centroavante belga nesta edição da Champions League. PSG 0 x 1 Manchester United.

Logo após o gol, o PSG passou a ter a bola e tentou impor seu mando de campo. Tanto que aos 6 minutos, o time francês perdeu uma ótima chance de abrir o placar. A pressão seguiu até os 11 minutos, quando Mbappé recebeu livre e rolou para o lateral Bernat marcar e empatar o jogo. PSG 1 x 1 Manchester United. O Manchester voltava a precisar de dois gols para seguir.

Com poucas chances para os dois lados, o jogo perdeu a intensidade no decorrer do primeiro tempo. Até que aos 30 minutos, Rashford chutou de longe e Buffon não conseguiu agarrar, no rebote lá estava de novo Lukaku que não perdeu a chance e marcou. PSG 1 x 2 Manchester. Em mais uma falha o United estava novamente precisando apenas de um gol.


Aos 35 minutos, Bailly sentiu uma lesão e teve de deixar em campo para a entrada de Dalot. O jogo seguiu sem grandes chances, foi apenas aos 41 que o Manchester voltou a ameaçar, mas viu Buffon fechar o gol dessa vez.

Com o placar de 1 x 2 acabou o primeiro tempo com uma promessa de um grande jogo para a segunda etapa. Destaque para Lukaku, que recolocou o Manchester no mata mata e para falha de um gos maiores goleiros da história, Gianluigi Buffon.

Os times retornaram para o segundo tempo iguais. O jogo começou mais morno do que no primeiro tempo e a primeira grande chance veio em bonita jogada entre Mbappé e Di Maria que acabou dentro do gol, mas foi anulado já que o argentino estava em posição de impedimento. O PSG manteve a posse de bola, e buscou controlar o jogo para evitar o pior, enquanto o Manchester passou a se defender e sonhar com um contra ataque mortal para ganhar a vaga.

Ao passar dos minutos o que se viu era um PSG seguro em campo, tentando encontrar o gol e um Manchester apenas se defendendo e errando muito nos momentos de ligar o contra ataque. Aos 68, Draxler sentiu uma lesão e pediu a substituição para o banco. Quem entrou em seu lugar foi o Meunier. No mesmo momento Kehrer deixou o campo para a entrada de Paredes. Dessa forma Marquinhos voltou a jogar na zaga do time francês.

Por volta dos 75 minutos, o Manchester mudou claramente de postura e passou a buscar mais o ataque e quase viu Di Maria e Mbappé armarem belo contra ataque depois da falha Young. Aos 79 Chong, jogador de 19 anos da base do United, entrou no lugar de Pereira. O cansaço do time do Manchester era visível, principalmente pelos seus 9 desfalques. Aos 83 um lance insano na área do United. Mbappé teve a chance cara a cara com De Gea, escorregou, perdeu a a oportunidade e depois viu Bernat mandar a bola na trave com o gol vazio. Aos 86 mais um jovem em campo. Greenwood, de apenas 17 anos, entrou no lugar de Young.

Quase nos acréscimos o árbitro foi chamado para rever jogada de possível pênalti de Kimpembe. Depois de analisar o juiz definiu que a bola foi na mão de zagueiro e marcou o pênalti para o United. Rashford foi para a bola e bateu com primor, sem chances para o goleiro Buffon. PSG 1 x 3 Manchester United. Nesse momento, aos 93 minutos, a vaga estava indo para o time inglês. Era a primeira vez que o Manchester se colocava a frente no duelo depois de 180 minutos jogados.


O PSG colocou Cavani em campo e foi para cima em busca do gol que daria vaga. O jogo pareceu então interminável para os torcedores ingleses e o tempo passou rápido demais para o time da casa.

Aos quase 98 o jogo acabou. De forma inacreditável o Manchester United conseguiu a vaga impossível dentro do estádio do PSG. Com 32% de posse de bola, nove desfalques, meninos de 17 e 19 anos em campo, contra um dos times mais ricos da Europa, o time inglês conseguiu uma gigante virada na França. O PSG ficou de novo nas oitavas, de novo mostrou que a falta de camisa pesa nos momentos primordiais e leva mais uma virada humilhante para seu histórico de eliminações na Champions League. O Manchester United está nas quartas de forma triunfal. Que jogo!

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle