Mulher e futebol: um romance que deu certo

Atualizado: 25 de Jul de 2020

Quem diria que com o passar dos anos despertaríamos essa paixão pelo mundo do futebol, hein?! Bom, falar desse assunto não é fácil mas resumindo, não é fácil ser mulher que gosta de futebol. Se você é como eu, que ama assistir, acompanhar seu time, xingar, berrar, gritar com os jogadores pela TV porque acha que eles vão te ouvir, ir ao estádio, e que até hoje não aprendeu nem vai aprender nunca torcer que nem mocinha, você vai me entender em cada detalhe.

Tenho certeza que já aconteceu com você de chegar em algum lugar, ou numa rodinha de amigos mesmo e o assunto acabar chegando nele, o querido e amado futebol. Quando abrimos a boca pra falar que gostamos então? MEU DEUS, fico imaginando o que não deve passar na cabeça dos caras: "nossa, mas futebol é coisa de homem"; "ela deve conhecer só o Neymar", "não sabe nem o nome dos jogadores do time que torce", e blá, blá, blá. E você acha que isso nos intimida? NÃO, nem um pouco.

Quer deixar a maioria deles de queixo caído, pasmos, é comentar sobre partidas e desempenho em campo de diversos times tanto brasileiros quanto europeus, citando nomes, ou que deixou de ir em festas, ou shopping ou qualquer outro lugar pra estar ao lado do seu time no estádio; ou que não deixa de ver um jogo e etc. Isso deixa qualquer cara calado e sem reação, e cá entre nós, as vezes somos muito mais homens pra entender de algumas coisas do mundo dos gramados do que muitos deles por aí. Atualmente eles estão se acostumando muito mais com nossa presença nas arquibancadas, claro e óbvio que o público masculino é incomparavelmente muito maior, mas isso não é problema pra nós, desde que nos respeitem e entendam que também somos apaixonadas por isso, tá no sangue.

Era a época em que quase não se via mulheres no estádio justamente pelo futebol ser taxado de "é coisa de homem", mas o tempo passa, as coisas mudam, o jogo definitivamente vira e virou, não é mesmo? As mulheres começaram a quebrar os tabus, vestiram suas camisas e começaram a tapar os ouvidos pra tudo aquilo que a sociedade queria apontar que ela podia ou não podia fazer. Hoje temos mulheres que presidem torcidas organizadas, que estão na frente das baterias e que dão um show. Realmente mulher e futebol foi um romance que deu certo, e só tende a crescer ainda mais.

O futebol não é apenas um esporte pra nós, ele também é amor, paixão, loucura, e não há forma melhor de demonstrar isso todos juntos, afinal, estamos unidos por uma só paixão, e futebol não é coisa de homem ou coisa de mulher, FUTEBOL É COISA DE TODO MUNDO.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle