Pela primeira vez como adversário da LDU, Flamengo vence no Maracanã

Atualizado: Jul 25


Em noite de casa cheia, a equipe rubro negra consegue derrotar o time equatoriano

e garante a segunda vitória pela Libertadores

O primeiro duelo da história entre Flamengo e LDU, que ocorreu no Maracanã, já atraía muitas expectativas, uma vez que as duas equipes lutavam pela liderança do grupo D da Libertadores. Conhecida como o “carrasco dos brasileiros”, a LDU parece ter perdido a razão do apelido. Diante de mais de 60 mil flamenguistas, a equipe equatoriana não conseguiu sair com a vitória e acabou perdendo a liderança do grupo para o Flamengo, que venceu a partida por 3 a 1.

Antes da bola rolar, a torcida rubro negra já confirmava sua presença, demonstrando o total apoio esperado depois de esgotar todos os ingressos da partida. Os primeiros minutos do jogo ficaram marcados pela equipe flamenguista, que saiu pressionando a LDU e conseguindo encaixar os passes, tentando chegar com força na área adversária. Os instantes iniciais foram bem movimentados, sem nenhuma ameaça do time equatoriano, que não conseguia chegar com perigo na área carioca. O primeiro gol da partida veio aos 9’, após a jogada de Renê e Diego, que tocou a bola encontrando Éverton Ribeiro livre. Flamengo 1 x 0 LDU.

A partida seguiu no mesmo ritmo, com a equipe carioca tendo bastante espaço no meio campo com liberdade para criar jogadas e predominar nos passes, enquanto a LDU se defendia e esperava alguma oportunidade nas roubadas de bola. O primeiro cartão amarelo do jogo foi para Aguirre, atacante do time equatoriano, após uma falta em Pará, que seguia no ataque. O Flamengo teve uma boa oportunidade aos 16’, após uma falta ensaiada por Diego e Éverton Ribeiro, que lançou a bola na área encontrando Bruno Henrique, que cabeceou e deixou para Gabbarini, goleiro da LDU, espalmar.

Outra boa chance do Flamengo veio aos 19’, quando Willian Arão cabeceou para o gol após cruzamento de Pará, mas a bola foi para fora. Dez minutos depois, aos 29’, a equipe rubro negra perdeu mais uma oportunidade, quando Éverton Ribeiro tocou para Gabigol, que ficou cara a cara com o goleiro da LDU dentro da área, mas acabou não conseguindo finalizar com sucesso. A equipe brasileira continuou a dominar o jogo, mas perdendo algumas boas oportunidades de definir a partida no primeiro tempo.

O goleiro flamenguista continuava a ser pouco acionado, quando foi marcado pênalti contra o Flamengo depois que o capitão do time brasileiro, Diego, fez falta em cima do volante da LDU, Vega, que acabou caindo na área. A única boa oportunidade da equipe equatoriana veio através desse lance, que acabou sendo perdido depois de uma boa defesa de Diego Alves, goleiro brasileiro. Fim de primeiro tempo.

A segunda parte do jogo começou sem alterações nas equipes. O início dos quarenta e cinco minutos restantes ficou marcado por ter sido um pouco mais lento com a equipe carioca desacelerada, assumindo uma posição diferente dos primeiros minutos da primeira parte do jogo. A LDU, por sua vez, continuava apenas observando o jogo, sem tentar jogadas arriscadas que pudessem reverter o placar. O Flamengo, por outro lado, ditava o ritmo da partida, que permanecia morna com a troca de passes.

Aos 15’, Arão deu um belo passe de calcanhar sobrando para Leo Duarte que chutou para gol e por pouco não marcou. A torcida rubro negra, que estava um pouco apagada devido ao ritmo do jogo, gostou da adrenalina e voltou a cantar forte no Maracanã. Até aqui, o Flamengo apresentou uma boa atuação, sem demonstrar dificuldades em controlar bem a partida, apesar de perder várias chances no decorrer do jogo.

O segundo gol da partida veio aos 23’, depois que uma jogada de Bruno Henrique deixou a bola no pé de Gabigol, camisa 9 da equipe carioca, que chutou para balançar novamente a rede da LDU. Flamengo 2 x 0 LDU. Depois disso, o time brasileiro mudou novamente a postura, ficando mais ativo e procurando mais o jogo, despertando novamente a postura adotada no primeiro tempo. A equipe equatoriana, por outro lado, continuava apática sem adotar nenhuma estratégia ou mudança para reverter a situação, enquanto o Flamengo continuava procurando jogo.

Depois de uma substituição no final do jogo, aos 35’, Bruno Henrique deu lugar para Uribe que, logo em sua primeira jogada, após um lançamento de Renê e uma deixada de cabeça de Arão, marcou o terceiro gol da partida. Flamengo 3 x 0 LDU. Aos 42’, um susto para a zaga flamenguista ocorreu quando Willian Arão, volante brasileiro, cortou a bola em direção ao gol na tentativa de tirá-la da área após um lançamento de Angulo, camisa 16 da equipe equatoriana.

Já nos últimos minutos, aos 44’, em uma dividida de bola, Trauco, lateral flamenguista, derrubou Nico Freire na área. Mais um pênalti a favor da LDU, que dessa vez foi cobrado com sucesso por Borja, jogador que já passou pelo rubro negro, fazendo jus à conhecida “lei do ex” no futebol. Flamengo 3 x 1 LDU. Fim de jogo.

Agora, com 100% de aproveitamento na Libertadores, o Flamengo vai em busca das duas outras vitórias em uma sequência de três jogos em casa. Caso saia vitorioso nas próximas duas partidas, aumentam consideravelmente as chances de garantir a classificação para as oitavas sem ter que esperar as decisões da última rodada. O próximo duelo acontecerá no sábado, as 19hrs, também no Maracanã, contra o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle