A jogadora de rugby que virou árbitra de futebol

Atualizado: há 5 dias

Alguns vão se perguntar o que esses dois esportes tem em comum. Eles tem em comum uma parte da história e uma jovem chamada Amarília Sampaio, 32 anos, natural de Itapajé-Ce, que veio residir em Fortaleza com apenas 17 anos. Uma menina simples, mas cheia de sonhos e com um objetivo muito forte em mente: vencer na vida, mas não pensem que foi fácil, ela enfrentou várias dificuldades para chegar onde chegou, tendo que trabalhar inclusive, como ambulante nas ruas da cidade. Trabalhou também em empresas de tele comunicação, foi até percursionista em uma banda de pagode, formada exclusivamente por mulheres, e hoje ela é árbitra de futebol!

Uma lenda bem difundida, diz que o rugby originou o futebol, mas demorou a se profissionalizar e ficou para trás. Então cada um tomou o seu rumo, mas o jogo com a bola nos pés se espalhou mais rápido. O futebol exige menos força física e tem regras muito simples, já no rugby é preciso experiência e técnica para se meter nos tackles de um jogo sem se machucar”, diz Amarília.

Foi em 2012 que o rugby surgiu em sua vida, quando uma amiga que era presidente de um dos clubes amadores de rugby do estado do Ceará a convidou para participar da equipe. Já a arbitragem surgiu em 2018, devido a faculdade, ela estava a procura de cursos complementares e acabou sendo incentivada pelo presidente da comissão de arbitragem de futebol, o senhor Paulo Silvio, a participar do curso de árbitros na Federação Cearense de Futebol - FCF. “Pra mim era tudo muito novo e desafiador, pois nunca havia visto o futebol do outro lado dos bastidores, como árbitra”, comenta Amarília.

Nossa árbitra também fala que optou pela arbitragem de futebol, devido o esporte ser a potência maior em nosso estado. Já no Rugby o apoio e patrocínio é bem menor e são muitas as dificuldades encontradas para promover esse esporte. Os cursos de arbitragem de rugby são realizados fora do estado do Ceará, tornando ainda mais difícil a formação nesta área pra quem gosta e quer o crescimento do desporto.

Amarília se formou no curso de arbitragem de futebol em dezembro de 2018, mas já se destaca entre os colegas, com muita postura e mostrando bastante seriedade na condução de seus jogos.

Tackles: tirar a bola do controle adversário, impedir o adversário de ganhar terreno até a linha de gol ou simplesmente de parar a jogada em andamento. Deter o adversário, impedir que ele passe.


0 comentário

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle