O destaque dos brasileiros na Premier League

Atualizado: Jul 25

Com 18 jogadores atuando na primeira divisão da Inglaterra, oito desses estão presentes no atual elenco da seleção brasileira

O último jogo da Seleção Canarinho na data Fifa teve um grande realce dos jogadores brasileiros que atuam na Inglaterra: nessa terça-feira, o Brasil venceu o amistoso contra a República Tcheca de virada, com um gol de Roberto Firmino e dois gols de Gabriel Jesus, o último que finalmente desencantou em uma partida após as frustrações da Copa do Mundo de 2018. Dos últimos 23 jogadores convocados, oito deles jogam em clubes ingleses da primeira divisão: os goleiros Alisson e Éderson, o lateral-direito Danilo, os meias Fabinho e Felipe Anderson e os atacantes Richarlison, Firmino e Gabriel Jesus. Há pelo menos um jogador em cada setor do campo.

Em relação à Copa do Mundo do ano passado e das participações em outras Copas, podemos citar mais recentemente a presença de Fernandinho - que foi e ainda é linchado injustamente devido ao gol contra nas quartas de final contra a Bélgica e Fred, que foi convocado e não participou de nenhum dos jogos. Na Copa de 2014, estiveram presentes David Luiz e Bernard - inclusive no fatídico jogo do 7 a 1 - que não foram mais convocados (o jogador dos Blues chegou a ser convocado mais vezes com o técnico Dunga, depois com Tite, apenas uma vez). Lucas Moura, que chegou a ser convocado para uma Copa América e uma edição das Olimpíadas, foi convocado uma vez em outubro do ano passado por Tite para substituir o lesionado Everton, entretanto, depois disso não foi mais chamado. O goleiro Gomes esteve presente nos elencos das conquistas da Copa das Confederações de 2005 e de 2009, além da Copa do Mundo de 2010.

No Big Six, estão presentes 12 brasileiros: Éderson, Danilo, Fernandinho e Gabriel Jesus no Manchester City; Fred e Andreas Pereira no Manchester United; Alisson, Fabinho e Firmino no Liverpool; William e David Luiz no Chelsea e Lucas Moura no Tottenham. No Arsenal, porém, não há nenhum jogador brasileiro. Todos os futebolistas têm qualidade para serem titulares absolutos ou disputarem a titularidade nos elencos.

Já nos outros clubes, estão presentes em cinco deles: o goleiro Gomes no Watford, que está praticamente em sua última temporada com intenções de se aposentar, Bernard e Richarlison no Everton - o último sendo frequentemente convocado pelo técnico Tite - e os defensores Kenedy e Bernardo, respectivamente do Newcastle e do Brighton & Hove Albion.

Vale salientar que o Brasil perde muito com a naturalização de jogadores. Jorginho, que se destacou na temporada anterior no Napoli de Sarri, e Emerson Palmieri, que jogava na Roma, hoje ambos no Chelsea, são jogadores brasileiros que se naturalizaram italianos. Por outro lado, o meia belga Andreas Pereira naturalizou-se brasileiro.

Jogadores em alta e em baixa na temporada

Em relação aos goleiros, Alisson e Éderson merecem muito destaque, tanto que sempre são convocados para a seleção brasileira e seus times estão no topo da tabela também graças às suas defesas. Alisson possui 17 clean sheets em 31 partidas e Éderson possui 30 clean sheets em 66 partidas, dados retirados do site da Premier League. Por fim, o goleiro Gomes, tem 38 anos e atualmente é reserva, mas foi titular por anos e é ídolo do Watford.

Na defesa, o lateral-direito Danilo é essencial para o estilo de jogo de Pep Guardiola, pois é versátil, podendo jogar na lateral esquerda ou também na volância. David Luiz, na sua segunda passagem pelos Blues, está voltando a conseguir espaço no time, após lesões e desentendimentos com o antigo técnico Antonio Conte. Bernardo, lateral esquerdo do Brighton, joga de titular bem frequentemente, conseguindo a simpatia da torcida Seagull.

Já no meio campo, o maior destaque é para Fernandinho, que é peça-chave dos Citizens e é responsável por todas as jogadas que são criadas pelo time. Com certeza ele teria sido convocado novamente esse mês, contudo, sofreu uma lesão que o impediu que isso acontecesse. Fred é outro que perdeu espaço na seleção e tem sido reserva nos jogos do Manchester United, Andreas Pereira, também dos Red Devils, havia perdido espaço e o reconquistou com a entrada de Solskjaer no clube. Fabinho, embora continue sendo convocado, também é reserva no plantel dos Reds, aparecendo pouco. Sobre o William no Chelsea, é algo bem intrigante: foi eleito o melhor jogador da temporada passada pelos jogadores, chegou a receber duas propostas com muito dinheiro envolvido do Barcelona, prosseguiu no Chelsea e não se destaca de forma que justifique tudo isso: em 46 jogos, tem oito gols e 12 assistências. Lucas Moura ganhou espaço nos Spurs ao substituir Son, que estava nos Jogos Asiáticos, e fez valer a pena, possui 8 gols e 1 assistência em 31 partidas.

Felipe Anderson, no West Ham, teve destaque em novembro e dezembro do ano passado, tanto que recebeu convocações de Tite, mas neste ano está apagado. Bernard tem sido titular na maioria das partidas do Everton, mas só possui um gol e quatro assistências. Kenedy tem um péssimo desempenho, parou de ser relacionado como titular e tem apenas um gol e uma assistência na temporada.

Por fim, o ataque de brasileiros é formado por Firmino, Gabriel Jesus e Richarlison, os três sempre presentes nas convocações por obterem ótimos números e serem peças importantes em seus clubes: Firmino possui 13 gols e seis assistências em 40 jogos, Jesus tem 17 gols e quatro assistências em 38 partidas e Richarlison possui 13 gols e duas assistências em 32 jogos.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle