Entendendo o VAR

Atualizado: Jul 25

Contagem regressiva para o início da série A do Brasileirão 2019! A bola começa a rolar a partir do dia 27 de abril e só para no dia 8 de dezembro, serão quase oito meses de pura adrenalina e grandes emoções.

Mas o campeonato desse ano vem com uma novidade, a utilização do VAR em todos os jogos da rodada. Mas, como será que o VAR irá atuar nessas partidas? É o que vamos te explicar agora! O que significa VAR? Ao pé da letra, quer dizer: Video Assistant Referee , ou seja, Arbitro Assistente de Vídeo, que aqui no Brasil ficaria AAV.

O VAR teve seu principal impulso no ano de 2015 e de lá para cá vem sendo estudado e aprimorado. O princípio do VAR é mínima interferência no jogo e máximo benefício. Através disso, ele deve ser usado para erros claros e óbvios no qual o árbitro não foi capaz de perceber dentro de campo e que podem mudar o rumo da partida. Segue abaixo as situações onde o VAR pode interferir:

- Gol/não gol (Se antes do gol houve infração de mão, falta e etc; se havia infração por impedimento; se a bola estava fora de jogo antes do gol e a própria decisão de gol e não gol)

- Tiro penal/não foi tiro pena: (penal marcado incorretamente; penal que não foi marcado; local da infração – dentro ou fora da área penal; infração da equipe atacante na jogada que deu origem o penal; bola fora de jogo antes do incidente; infração do goleiro e/ou do cobrador na hora de cobrar o penal; invasão da defesa ou do ataque que fica diretamente envolvido na jogada em caso de o tiro penal rebotar na trave, travessão ou goleiro.)

- Cartão vermelho direto (não quando se tem o segundo cartão amarelo seguido de vermelho)

- Erro de identidade (quando o árbitro adverte ou expulsa o jogador errado da equipe infratora)

Com isso o VAR dá ao árbitro uma nova oportunidade de rever o lance que possivelmente poderia mudar o rumo da partida, devido o dinamismo do futebol moderno. Testes iniciais mostraram que a dinâmica do futebol não sofre prejuízos se tratando de bola rolando. E não existe restrição de tempo para o processo de revisão, já que a PRECISÃO é mais importante do que a velocidade.

Um fato bem interessante é que, caso o jogo tenha sido parado e logo após reiniciado, o árbitro não poderá realizar uma “revisão”, exceto em casos de identidades equivocadas, ou seja, erro de identidade ou por possíveis infrações passíveis de expulsão, relativas a condutas violentas, cusparadas, mordidas ou gestos extremamente ofensivos, injuriosos e/ou abusivos. (Regras de futebol 2018/2019).

Vale lembrar que o jogador, jogador substituto ou jogador substituído que invadir a área onde o árbitro irá revisar o lance, será punido com cartão amarelo. Já se algum deles invadir a sala do VAR, serão punidos com cartão vermelho.

RESUMINDO

Linha de intervenção

No momento essa tecnologia será utilizada apenas na série A do brasileirão e na Copa do Brasil, a partir das oitavas de final.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle