Polêmicas em suposto uniforme da Juventus

Atualizado: Jul 24

Ultimamente os torcedores do futebol se dividem em dois grupos muito específicos ! Uns que defendem com unhas e dentes o futebol antigo, ou como chamam raiz, e aqueles que acreditam que o futebol moderno, praticado principalmente na Europa, é a melhor versão do esporte mais amado do mundo.


Em meio a revoluções táticas, novas funções para velhas posições, árbitro de vídeo e mudanças claras nas atitudes das arquibancadas (sejam elas positivas ou negativas), tem um aspecto dessa inovação do mundo da bola que sem dúvida causa angustia nesses dois tipos de torcedores: a revolução dos escudos e dos uniformes clássicos.


Há alguns anos atrás vivenciamos uma série de alterações em escudos famosos, como do Atlético de Madrid, do Manchester City e , o mais polêmico de todos, o da Juventus.


Em janeiro de 2017 a gigante italiana abriu mão de seu famoso escudo e aderiu há uma versão muito mais simples, completamente diferente daquele conhecido no mundo inteiro. Mesmo causando uma polêmica gigantesca com a torcida, a Juventus manteve sua proposta de inovação e hoje a maioria já se acostumou com a nova cara do clube, ainda que tenham alguns que sentem falta do clássico.


Não bastasse essa polêmica, já resolvida com boa parte da torcida, a Juventus resolveu continuar seu processo de inovação, dessa vez em parceria com a Adidas, responsável pelo seu uniforme. E lá vem uma nova polêmica pela frente.


​​Ao que tudo indica, depois de incontáveis anos o time de Turim vai jogar a temporada de 2019/2020 sem suas famosas listras verticais preto e brancas e a torcida? Está completamente revoltada.


Parece assunto sem importância diante da complexidade do futebol europeu e da necessidade da Juventus reconquistar a Europa depois de dois vices campeonatos decepcionante e a eliminação precoce nas quartas da Champions mesmo com Cristiano Ronaldo no time. Porém, essa notícia vai de encontro exatamente com esse aspecto da inovação do futebol que menos agrada a qualquer torcedor, a necessidade de alterar o clássico apenas para que pareça novo. Seria como ver o Real sem vestir sua camisa branco, o Liverpool sem o seu vermelho, o Borussia sem seu tradicional amarelo.


As listras foram adotadas pela Juventus em 1903 e desde então se transformaram nas cores do time, é como reconhecemos a Vecchia Signora, a famosa zebra como é carinhosamente conhecida na Itália. Nas redes sociais os torcedores se colocaram completamente contra o abandono das listras bianconeiras e disseram inclusive que "história não se vende".


O uniforme ainda não foi divulgado oficialmente, porém vazaram fotos com Dybala e Bernadeschi no novo uniforme. Pode ser que até lá o time não banque a ideia devido a possíveis protesto da torcida. Isso não ocorreu no episódio com o novo escudo quando a direção do clube ignorou todos os protestos e deu adeus ao emblema clássico. Algumas vezes quando a torcida resolver boicotar algo, principalmente que vai de encontro com a tradição de seu time, ela pode ter sucesso. Se não for o caso, teremos que assistir um dos mais tradicionais times do mundo sem suas suas famosas e emblemáticas listras.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle