Por trás da rivalidade há amor

Atualizado: Jul 25

Apesar da rivalidade entre as torcidas ainda há algo que une familiares e amigos em casa ou no bar para assistirem partidas ou finais. A sensação que o futebol proporciona para essas pessoas faz com que toda rivalidade fique de lado.

No último domingo, Corinthians e São Paulo se enfrentaram na final do Campeonato Paulista. Dois times em campo e milhões de corações na expectativa de quem levaria a taça. Mas o que tem por trás da rivalidade é o amor que une a torcida em um domingo e faz com que toda diferença seja esquecida.

Quebrando os paradigmas, a família Pereira e Rieg são símbolo dessa união além da rivalidade. Costumam se reunir sempre aos domingos para assistirem aos jogos e em finais normalmente fazem uma festa que reúne torcedores de ambas torcidas.

Neste dia o amor ultrapassa a rivalidade, pois o que importa é o momento, o canto dos hinos, bandeiras estendidas e as brincadeiras e as piadas feitas entre as torcidas. Frases comuns são “Corinthians é o melhor”, “São Paulo é o maior”, entre outras. Para Cássio, torcedor do Corinthians e integrante da família, a sensação de união e alegria ultrapassa toda rivalidade. Já para Michelly, torcedora do São Paulo, é emocionante. “Mesmo que torcemos para times rivais estar ao lado de pessoas que gostamos nos traz alegria em poder torcer com nossos amigos e a amizade sempre prevalece independente do time”.

Apesar de toda rivalidade, nesse momento a emoção e amor prevalece. A festa contagia, a agonia do gol irradia e a união prevalece toda diferença. A frase “coração bate mais forte” dita pelos torcedores do São Paulo reflete um pouco essa magia que o futebol proporciona em unir familiares e amigos para vibrarem alegria, choros, abraços e torcerem juntos independente do time pelo qual se torce. Afinal o coração bate mais forte.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle