Botafogo PB vai à final do Nordestão

Atualizado: Jul 24

Se alguém contasse o que iria acontecer antes da partida começar acho que nenhum torcedor acreditaria no que estava prestes a presenciar. O confronto entre o Botafogo-PB e Náutico foi marcado pela quantidade de gols perdidos, que não foram do Timbu. O alvinegro teve a oportunidade de abrir um placar elástico não fosse a péssima pontaria. Mas é que nem a pontaria impediu a classificação. Almeidão lotado e a torcida cheia de expectativas, viram o time da casa envolver o time visitante e tomar conta de praticamente toda a partida.


O primeiro tempo terminou com muitos gols, perdidos. Parecia que faltava capricho. Falta capricho, Nando. Água mole em pedra dura, pode até demorar, mas fura. O Xerife do nordeste abriu o placar aos dez minutos do segundo tempo para a felicidade da torcida alvinegra. Só que um jogo só acaba quando termina. Fábio Alves teve a oportunidade de ampliar o placar na cobrança de pênalti e evitar uma tensão no final do jogo. Pênalti cobrado e defesa do goleiro. A torcida já mostrava vestígios de impaciência pela falta de eficácia da equipe na hora de concluir as jogadas.


O Náutico lutava pelo empate e assim o fez. Já diria um ditado futebolístico “quem não faz leva”. E levou. Tarcísio bateu prensadinho por baixo do goleiro para deixar tudo igual e ver cerca de quintos torcedores alvirrubro esperançosos de uma possível virada. Contudo, não era o dia. No futebol nós costumamos dizer que a bola pune e é irreversível. O time pernambucano praticou anti-jogo em todas as oportunidades que lhes foi dada – os jogadores faziam a famosa cera para fazer o relógio andar e foi punido com um gol no finalzinho.


Numa bola alçada na área Juninho subiu mais alto e só precisou resvalar na bola de cabeça para que ela morresse no fundo do gol. Era o gol da classificação e a torcida visivelmente emocionada foi a loucura. Foi sofrida, foi com raça e foi com emoção. Nem gols e pênalti perdido tiraram o Belo da grande final, os deuses do futebol certamente estavam do lado alvinegro. O Botafogo vai pela primeira vez à final da copa do nordeste, e faz sua torcida ir dormir sonhando com a orelhuda. Enfrentará o Fortaleza e fará o jogo da volta em casa. Será que o xerife da Paraíba vai conquistar também o nordeste?

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle