A trajetória do Tottenham até a final da Champions League

Atualizado: 25 de Jul de 2020

Após se classificar na fase de grupos no sufoco, o clube de Mauricio Pochettino faz o impossível no mata-mata e tem a chance de conquistar seu primeiro título de Champions League

O Tottenham caiu no grupo B, que tinha Barcelona, Internazionale e PSV Eindhoven. Teve uma campanha bem abaixo da média na fase de grupos, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, classificando-se em segundo com oito pontos - sendo que fez apenas um ponto nos três primeiros jogos. Nas oitavas de final, o Tottenham enfrentou o Borussia Dortmund, vencendo nas duas partidas. Nas quartas, os Spurs enfrentaram os ingleses do Manchester City, em dois jogos emocionantes, tendo o jogo de volta muitos gols. Por fim, nas semis, os londrinos enfrentaram o Ajax, o time sensação desta edição da Champions, conseguindo uma virada histórica no jogo de volta em Amsterdã. Relembre a trajetória do clube na competição.

Fase de Grupos

O Tottenham estreou na Champions com derrota, por 2 a 1 contra a Internazionale. O Tottenham foi bem durante toda a partida, com várias chances de Harry Kane e Eriksen. Aos oito minutos do segundo tempo, o dinamarquês fez o dele. No finalzinho da partida, tomou a virada, com um gol de Icardi de fora da área aos 41 minutos e nos acréscimos, o uruguaio Vecino marcara para o clube da casa, assegurando três pontos para o clube italiano.

Logo depois, os Spurs enfrentaram o Barcelona em casa. Perderam para os catalães por 4 a 2, com direito a gol de Philippe Coutinho no primeiro minuto de jogo, outro aos 27 de Rakitic e dois de Lionel Messi. Enquanto ainda estava 2 a 0, o Tottenham chegou a marcar com Harry Kane aos seis minutos, tendo a esperança de um empate, mas quatro minutos depois, Messi marcava. Aos 20, Lamela fazia o dele para diminuir a vantagem catalã, e aos 44, Messi fazia seu segundo gol da partida. Os Spurs se complicavam após duas derrotas na competição, enquanto o Barcelona era líder com 100% de aproveitamento.

O próximo desafio dos Spurs era contra o PSV na Holanda com desfalques importantes de Vertonghen, Dele Alli e Rose. O jogo terminou empatado por 2 a 2, Lozano e De Jong marcaram para os holandeses, Lucas e Kane para o Tottenham, que reclamou muito da arbitragem devido à uma expulsão polêmica e inconsistente do goleiro Hugo Lloris. Três jogos e apenas um ponto conquistado pelos ingleses. Duas semanas depois, a mesma partida era disputada em Wembley, dessa vez com o time da casa levando a melhor por 2 a 1, vitória de virada após De Jong abrir o placar com 61 segundos de jogo. Após esse baque, os Spurs reagiram com dois gols de Harry Kane, mantendo suas chances de classificação.

Em Wembley novamente, o Tottenham venceu a Internazionale por 1 a 0, gol de Eriksen aos 34 minutos do segundo tempo. O clube inglês carregava a pressão da classificação junto de si durante a partida inteira. O meia dinamarquês entrou em campo aos 24 minutos do segundo tempo no lugar do argentino Lamela. Dessa forma, os dois times ficam empatados na segunda posição com sete pontos, com vantagem dos critérios para o time inglês, e levam a decisão para a última rodada. Na Catalunha, Barcelona e Tottenham empatam por 1 a 1, gols de Dembelé e Lucas Moura, este no final da segunda etapa, avançando os dois para as oitavas de final, isso porque a Inter de Milão empatou com o PSV. Os Blaugranas jogaram com time misto, enquanto os Spurs jogaram com todo o gás para conseguirem a classificação.

Mata-Mata

Oitavas de Final - Tottenham versus Borussia Dortmund

Em Wembley, o Tottenham venceu o Borussia Dortmund por 3 a 0 após apostar em jogadas aéreas, com gols originados de cruzamentos. O time contou com uma ótima performance no segundo tempo e, com as ausências de Harry Kane e Dele Alli; Son (46’), Vertonghen (82’) e Llorente (86’) chamaram a responsabilidade para si e marcaram para os Spurs.

Em Dortmund, o único gol da partida foi marcado pela estrela Harry Kane aos três minutos da segunda etapa. O time da casa pressionou muito o clube inglês, foram 20 finalizações auri negras contra apenas cinco dos Spurs. Inclusive, Lloris fez uma ótima partida e defesas importantes para que não acontecesse um revés. Assim, o Tottenham pela primeira vez em oito anos irá às quartas da competição e o próximo adversário será definido via sorteio.

Quartas de Final - Tottenham versus Manchester City

Após darem o favoritismo para o clube de Pep Guardiola, muitos caíram do cavalo. No jogo de ida em seu estádio novo, o Tottenham venceu por 1 a 0, gol de Son Heung Min aos 33 minutos do segundo tempo. Além disso, Sergio Aguero teve um pênalti defendido por Hugo Lloris e o Manchester City teve uma escalação um pouco ousada por Pep Guardiola. Em um dos jogos mais históricos da competição, o Tottenham perdeu para o Manchester City por 4 a 3, mas a vantagem do gol fora de casa classificou o clube londrino para a semifinal. Sterling abriu o placar aos quatro minutos, Son empatou aos sete e virou aos 10. Logo depois, Bernardo Silva contou com desvio em Rose para empatar. Aos 21, Sterling recolocava os Citizens na frente.e aos 14 do segundo tempo Aguero também marcava,mas Llorente classificou os Spurs com um gol de quadril. Aos 48 minutos do segundo tempo, ainda teve gol de Sterling ilegal anulado pelo VAR.

Semifinal - Tottenham versus Ajax

O confronto entre zebras teve o jogo de ida com vantagem do clube holandês na Inglaterra. Com muita pressão do Ajax, Van de Beek faz o dele aos 15 minutos e só precisam de um empate na volta para se classificarem para a sonhada final. Na volta, o Ajax abre o placar e o amplia em 2 a 0 logo no primeiro tempo, gols de De Ligt (5’) e Ziyech (36’). Mas Lucas Moura não chegou ao Tottenham à toa, fez história e marcou um hat-trick (55’, 59’ e 96’) decisivo nas semifinais de uma Champions League. Agora, o Tottenham enfrentaria também um clube inglês, o Liverpool de Jürgen Klopp.

Final - Tottenham versus Liverpool

É a sétima vez que clubes do mesmo países se enfrentam em uma final de Champions League e a segunda entre clubes ingleses. A final será realizada no sábado (01), às 16h no Estádio Wanda Metropolitano, em Madrid. Em histórico de partidas entre os dois times, eles se confrontaram 172 vezes, desde 13 de novembro de 1909, com 82 vitórias dos Reds, 48 vitórias dos Spurs e 42 empates.

E aí, quem você acha que vai conquistar a Orelhuda?

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle