Suécia e Estados Unidos seguem vencendo e estão nas oitavas de final

Atualizado: Jul 25

Hoje, a Copa do Mundo teve mais dois duelos para fechar a segunda rodada da fase de grupos. Estados Unidos e Suécia venceram novamente e já garantiram sua classificação para as oitavas de final. Enquanto isso, Tailândia e Chile se complicaram e agora só passam com uma possível combinação de resultados.

Suécia x Tailândia

Na primeira partida do dia, a Suécia deu show e goleou a Tailândia, mas o grande momento do jogo foi o primeiro gol tailandês na Copa e a emoção visível das jogadoras e comissão técnica.

No primeiro tempo só deu Suécia. O primeiro gol do jogo saiu aos 5 minutos. Rubensson levantou a bola na área e Sembrant cabeceou para dentro do gol. Com 1 a 0 no placar a Suécia continuou atacando e a Tailândia sofria para se defender. Aos 19 minutos mais um gol sueco. A goleira tailandesa fez uma boa defesa, mas no rebote Asllani recuperou a bola, limpou a zagueira e fez um belo gol. A Suécia abria 2 a 0 no placar. O ataque contra a defesa seguia e aos 41 minutos Rolfö aproveitou o rebote e chutou com força para mais um belo gol. Antes do intervalo 3 a 0 para a Suécia, e o semblante delas tailandesas era de frustração depois de somarem 16 gols tomados em dois jogos.


Na segunda etapa, a Suécia seguia atacando e a Tailândia ameaçava em alguns contra-ataques mas não conseguia chegar com perigo. Aos 35 minutos, depois de desperdiçarem algumas oportunidades, Hurtig aproveitou o cruzamento para marcar mais um gol sueco. O placar era de 4 a 0. Foi então que aos 46 minutos aconteceu um dos momentos mais emocionantes dessa Copa. Sung-Ngoen aproveitou a chance no contra-ataque e soltou uma bomba para marcar o primeiro gol tailandês nessa copa. A emoção de todas era visível, principalmente entre a comissão técnica.

Para dar números finais a partida, a árbitra utilizou o VAR para marcar um pênalti para a Suécia depois de Chinwong colocar a mão na bola dentro da área. Rubensson foi para a cobrança e marcou de novo. O jogo acabou com 5 a 1 na placar depois de uma excelente partida da Suécia, que mostrou toda sua qualidade para vencer a frágil seleção tailandesa.

Estados Unidos x Chile

Na última partida da segunda rodada, as americanas entraram em campo de novo, depois da goleada histórica de 13 a 0, dessa vez para enfrentar o Chile. As chilenas mostraram força defensiva na primeira rodada, mas dessa vez não conseguiram fugir de uma goleada.

No primeiro tempo, só deu Estados Unidos. Lloyd abriu o placar aos 11 minutos com um belo chute no ângulo. Alguns minutos depois, o Chile chegou ao empate, mas o gol foi bem anulado pela arbitragem. A pressão americana continuou, e aos 28 minutos foi a vez de Adler aproveitar a bola na área e não dar chances para a goleira chilena. O placar já era 2 a 0 e só dava Estados Unidos em campo. Antes da acabar o primeiro tempo Lloyd ainda teve tempo de fazer mais um e deixar as americanas com um vantagem de três gols antes do intervalo.


Nos últimos 45 minutos, as americanas continuaram buscar o ataque, mas a goleira Adler fechava bem o gol e não deixava que aumentassem o placar. Aos 80 minutos, com auxílio do VAR, a juíza marcou o pênalti para os Estados Unidos. Quem pegou a bola para bater foi Lloyd. A camisa 10 não bateu bem e mandou para fora do gol, desperdiçando sua oportunidade de marcar um hat-trick.

Na próxima rodada Estados Unidos e Suécia se enfrentam na disputa pela primeira posição do grupo. As americanas tem a seu favor um saldo de gol superior, construído principalmente na estreia, e a Suécia precisa ganhar se quiser a liderança.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle