• Alessandra Formagini

Donas do mundo: brasileiras conquistam 1ª Copa Intercontinental de Futsal

Atualizado: Jan 17

Na última semana os olhos do mundo inteiro estão voltados para as mulheres no esporte. Mas não é só a participação da Seleção Brasileira feminina na Copa do Mundo de Futebol, na França, que deixou brasileiras e brasileiros orgulhosos. Em solo nacional, mais precisamente em Lages, Santa Catarina, o destaque veio com a taça do 1º Campeonato Intercontinental de Futsal Feminino, conquistada pelo Leoas da Serra.

A disputa da grande final aconteceu em casa, no Ginásio Jones Minosso, com um público expressivo para jogos de futsal: mais de 4.500 pessoas presentes no último domingo (23). E o título inédito, na primeira edição da competição, teve todos os ingredientes de uma partida histórica – muita emoção, gols e virada de placar.

Foto: Fom Conradi/Leoas da Serra

Após perder a partida de ida, na Espanha, por 3 a 1, as brasileiras do Leoas da Serra precisavam vencer o Atlético Navalcarnero, atual campeão europeu, no tempo normal e também na prorrogação. Para isso, contaram com a força da torcida e de muita qualidade em quadra para devolver o placar, também de 3 a 1, contra as espanholas. Os gols brasileiros foram de Greice (2) e May. Maria Navarro descontou o marcador. A vitória no tempo regulamentar trouxe esperança às brasileiras. Esperança essa que tentou ser apagada pelo Atlético, que saiu à frente com gol contra de Greice. Porém, foi neste momento que a estrela de uma rainha brilhou: Amandinha, eleita a melhor jogadora de futsal do mundo este ano, fez a diferença para o Leoas da Serra. E foi dos pés dela que a virada aconteceu, com dois gols, e o placar de 2 a 1 na prorrogação. Com o placar agregado de 5 a 2, a festa foi catarinense e brasileira, é claro, com a conquista da primeira taça da Copa Intercontinental de Futsal Feminino. Assim, Duda Suchek, Amandinha, Diana, Greice, Giy, Luiza, Tiga, Rúbia, Bella, Petuxa, Bebel, May, Juba e Jhennif, além do técnico Esquerda (Anderson Machado), deixaram seus nomes marcados no início de um capítulo importante para o futsal feminino mundial.

0 comentário