Rapinoe brilha e Estados Unidos avança na Copa do Mundo

Atualizado: Jul 25

As americanas carimbaram a sua vaga ás quartas de final na Copa do Mundo. E com uma vitória imponente diante da Espanha por 2 a 1, a seleção comandada pela técnica Jill Ellis irá enfrentar a França na próxima fase.

No primeiro tempo, as espanholas sofreram com a pressão imposta pelas americanas e precisaram ter atenção redobrada para marcar a atacante, Alex Morgan - o principal nome dos Estados Unidos nesta Copa do Mundo. Apesar de assustar a goleira Naeher em um rápido contra-ataque de Guijarro, as americanas abriram o placar com Rapinoe, depois da árbitra marcar um pênalti a favor dos Estados Unidos.

Mas a alegria da vitória momentânea não durou muito tempo, a Espanha conquistou o empate após dois minutos. Depois de bater um tiro de meta curto, Garcia recuperou e ajeitou para Hermoso. A camisa 10 bateu colocado e empatou. Os Estados Unidos partiram para o contra-ataque, e teve duas chances consecutivas com Rapinoe, mas a bola acabou saindo para fora.

Pressionando a saída de bola espanhola, as americanas chegavam com perigo e tinham mais efetividade nas divididas, e em uma rápida recuperação no setor defensivo, Lavelle encontra Rapinoe, na tentativa do passe, a camisa 16 mandou pela linha de fundo. A Espanha buscava se reencontrar em campo, e Garcia passou a apostar mais em longos cruzamentos, tentando a ligação direta com o ataque.


Nos 45 minutos finais, a seleção europeia teve um contra-ataque com Garcia, mas no momento do chute, a bola atinge a marcação e sai pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, a goleira Naeher realiza uma bela defesa. A resposta dos Estados Unidos veio no minuto seguinte, desta vez, com Lavelle que recebeu perto da meia-lua e chutou forte, mandando por cima.

Em rápidos contra-ataques, as duas seleções buscavam o gol da classificação. E as americanas tiveram a oportunidade após o VAR ter uma atuação na partida. A arbitra analisou o lance envolvendo Lavelle e confirmou: pênalti para os Estados Unidos. Na cobrança da capitã Rapione, a capitã bate bem e marca o segundo gol na partida.

Atrás do placar, a Espanha precisou correr contra o tempo. Mas na tentativa de armar um contra-ataque, novamente a capitã dos Estados Unidos se deu melhor e quase marcou um golaço em Reims.

Nos outros confrontos a Noruega e Inglaterra fazem um dos jogos. Apenas Alemanha não tem adversário definido, o confronto entre Suécia e Canadá será nesta segunda-feira, às 16h.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle