Echte Liebe: Reus e a história de amor com o Borussia Dortmund

Atualizado: Jul 25

O futebol nos proporciona histórias emocionantes, tristes, de superação, traição, amor e lealdade. O esporte que movimenta milhões de reais, também faz o coração do torcedor sofrer... são tantas histórias que ouvimos e que vivemos.

Quem nunca ficou triste após um jogador do seu time ser contratado pelo maior rival? Quem não se lembra da história entre Ronaldinho Gaúcho, Grêmio e Flamengo? O craque que foi revelado nas categorias de base do clube gaúcho viu sua história de amor com os torcedores se tornar em ódio após escolher a camisa rubro-negra como seu próximo destino. Mas entre tantas histórias de traição, existem jogadores que honram à camisa e o amor que sentem pelo clube.

Existe uma história que merece ser contada, afinal de contas, todo menino sonha em ser jogador de futebol. E muitos sonham em defender a camisa do seu clube de coração. Esse é o caso de Marco Reus, o meia-atacante do Borussia Dortmund. Natural de Dortmund, Marco Reus nasceu dia 31 de maio de 1989. E aos 29 anos, o jogador é peça fundamental do time alemão. Reus é exemplo de superação e também amor à camisa auri-negra.

Revelado nas categorias de base do Post SV Dortmund, Reus teve o seu maior sonho realizado: a de vestir a camisa do seu time do coração. Chegou ao Borussia com seis anos de idade. Vestiu a camisa do clube que tanto amou até os 17 anos, e depois foi dispensado pelo próprio Borussia Dortmund. Situação complicada, não é mesmo? Uma situação que poderia por um risco o amor de um torcedor pelo seu time. Mas Reus não desanimou, assinou contrato com Rot Weiss Ahlen, jogou nas categorias de base da sub17 e no grupo de transição. E foi em 2007 que o jogador estreou na equipe principal e disputou a Bundesliga.

O estilo de jogo diferenciado chamou a atenção de outro Borussia, o Mönchengladbach, que contratou o jogador por cerca de 1 milhão de euros. Realizando uma temporada magistral, Reus ganhou o prêmio de melhor jogador na temporada 2011/2012. Após três temporadas, o jogador se viu em uma encruzilhada: Bayern München e Borussia Dortmund duelavam para ter o jogador em sua equipe. Apesar do rival ter uma proposta melhor, o jogador não pensou duas vezes e voltou a vestir a camisa do seu time do coração.

Reus sempre deixou claro o seu amor pelas cores auri-negras, da mesma forma que sempre enfatizou que dinheiro não é tudo no futebol. Jogando ao lado de Götze e Lewandowski, o trio se destacou e o time alemão passou a ser destaque nas jogadas ofensivas. Porém, na temporada 2012/2013, Mário Götze foi contratado pelo maio rival. Os torcedores não perdoaram e passaram a chamar o jogador de “Judas”. Além de Mário, Robert Lewandowski também foi um reforço de peso para o Bayern München. Mesmo tendo contratado dois grandes nomes do Borussia, o Bayern queria mais. Queria e continuou tentando a contratação de Reus, mas em todas as entrevistas, o jogador deixava bem claro que não seria comprado, independentemente do valor da oferta.

A história de Marco Reus com o Borussia é um divisor de águas quando o assunto é futebol. Vivemos em uma era onde o esporte se tornou um negócio. Não importa o valor que os empresários desejam, os gigantes europeus querem a todo custo os grandes nomes da atualidade, e desembolsam milhões de euros por isso. Reus pode ter se decepcionado quando foi dispensado do clube, mas o amor e a lealdade sempre estiveram no coração do jogador. E isso fica nítido quando o vemos em campo. Podemos ver a sua entrega, a sua paixão, e acima de tudo a sua felicidade e emoção ao marcar um gol pela camisa do clube.

Uma história de amor que começou na infância, que teve seus momentos complicados e conturbados. Mas assim como acontece na vida, o destino deu uma forcinha para essa história terminar com um final feliz. Echte Liebe!

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle