Everton Cebolinha: o nome da Copa América

Atualizado: 25 de Jul de 2020

Everton Sousa Soares, ou simplesmente “Cebolinha”, como foi apelidado pelo lateral-direito Pará, foi um dos principais personagens na conquista da Copa América deste ano. Não só o apelido pegou, como o jogador caiu nas graças da torcida brasileira. Everton nasceu no município de Maracanaú, no Ceará e foi lapidado nas categorias de base do Fortaleza Esporte Clube. Após bom desempenho na Copa Carpina, foi contratado pelo Grêmio.

O jogador foi um dos principais nomes na conquista da Copa do Brasil de 2016, marcando gols decisivos. Porém, no ano passado passou a ter titularidade absoluta e incontestável na equipe gaúcha, tornando-se seu principal atacante. Em sua carreira, já coleciona títulos importantes como a Copa Libertadores de 2017 e os Campeonatos Gaúchos de 2018 e 2019.

Apesar de convocações esporádicas, ganhou realmente espaço na Seleção Brasileira com a convocação para a disputa da Copa América. A fratura de Neymar, que impossibilitou o jogador de participar na competição, abriu ainda mais caminhos para Everton. O atleta não desperdiçou as oportunidades que teve e marcou seu primeiro gol com a amarelinha já na estreia, contra a Bolívia e na terceira partida da fase de grupos, assumiu a titularidade. Na grande final contra o Peru, Everton não apenas fez o primeiro gol da partida que marcaria a nona conquista brasileira, como foi eleito o craque do jogo e artilheiro da competição.

Mais que isso, o atacante de 23 anos resgatou um pouco da empolgação do torcedor brasileiro com a seleção e há até quem cogite a entrega da camisa dez para Everton. Bayern München, Manchester United, Atlético de Madrid, Napoli, Borussia Dortmund e Milan manifestaram interesse no atleta. Por enquanto, seu futuro é incerto. Mas tem tudo para ser promissor.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle