O real significado da mulher no futebol – um texto sobre a nova campanha do Goiás

Atualizado: Jul 25

Ano de Copa do Mundo de Futebol Feminino, todas as vozes unidas para mostrar o quanto somos importantes dentro do esporte e deixar o sexismo de lado. Ou quase todas. Ao longo dessa semana, um vídeo do Goiás se tornou alvo de uma polemica, pois o que era para ser um teaser de lançamento da nova camisa do time acabou transformando as modelos/torcedoras em objetos sexuais, fugindo totalmente do tema abordado: o uniforme.

Antes de mais nada é importante lembrar que esse não é um texto para criticar as meninas que apenas estavam fazendo o seu trabalho, nem sobre o que foi feito no vídeo, mas sim sobre o que se deixou de fazer e, quem sabe, motivar outros publicitários, ou os mesmos responsáveis por essa campanha, haja visto que criatividade e informação não são seus pontos mais fortes.

Nos últimos dois anos, o número de torcedoras do gênero feminino aumentou mais de 10% nos estádios, tornando sua presença significativa e ainda mais importante. Em contrapartida, no Brasil, a cada um segundo uma mulher é assediada. Enquanto você lia esse texto até aqui, foram pelo menos 40 mulheres. Temos absoluta certeza que esse comparativo daria um grande material, cumprindo com a ideia principal e também o social de informar.

Além disso nós, brasileiros, temos a maior estrela do futebol feminino mundial, que acabou de lançar uma campanha sobre igualdade e foi notícia em todos os meios de comunicação. Atualmente os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro são obrigados a ter um time feminino, mas quantas Martas estão escondidas nos campinhos de barro, areia e mato por aí? Incontáveis, mas se apenas uma tivesse a chance de aparecer representando todas as outras.

Por falar em Série A, e aquele episódio com as Sereias do Santos? Não teremos muito sucesso enquanto os times sejam regra, mas a qualidade não. O ato de se importar sempre é uma grande ideia.

Por último, mas não menos importante, o ato de voltar atrás nem sempre corrige o erro, mas muitas vezes ameniza. As próprias torcedoras do Goiás lançaram uma campanha em protesto contra a objetivação da mulher dentro do futebol, mas o clube disse que não irá se pronunciar.

Nós do FPE somos um time composto somente por mulheres, de variados times, lugares e vidas diferentes, mas unidas pelo mesmo esporte: o futebol. A extensão desse time são as nossas leitoras, nossas amigas, mães, filhas... São as mulheres, e essa é a nossa luta de todos os dias. Não sabemos o que vem depois da luta, mas não vamos nos calar.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle