O impedimento feminino no Irã


Esta semana recebemos a triste notícia de que uma iraniana ateou fogo em seu próprio corpo, porque foi condenada por entrar num estádio. Ela teria que pagar uma pena de 6 meses na cadeia pelo simples fato de querer ver uma partida de futebol.

Sahar Khodayari, 30 anos, morreu em um hospital de Teerã, na segunda-feira. Era conhecida por "Garota Azul" nas redes sociais por causa do time que torcia. Apesar de não estar mais entre nós, ela deixou um legado. Chamou atenção do mundo e das entidades iranianas para uma situação que não cabe mais no mundo atual: o machismo cultural.

Mas, infelizmente, quando o mundo, e as iranianas, pensavam que as mulheres estavam começando a caminhar na liberdade de lazer e expressão da paixão com o Movimento Open Stadium, fomos surpreendidos com a morte de uma apaixonada por futebol.

O que é o Open Stadium?

Proibir mulheres de torcer e ir ao estádio parece até história do século passado, mas, infelizmente, não é. Quando as brasileiras retomaram sua liberdade no futebol, as iranianas viram um outro tipo de regra de impedimento. No Irã, desde 1979, as mulheres são proibidas de frequentar partidas de futebol masculino e outros eventos esportivos.

Entretanto, em junho de 2018, graças ao movimento Open Stadium, elas conseguiram uma liberação do regime dos aiatolás para verem uma partida de futebol masculino, da Copa do Mundo da Rússia, de dentro do estádio.

Em junho de 2019 a FIFA aumentou a pressão sobre o governo iraniano para que permita que mulheres frequentem as partidas de futebol. A instituição pediu à Federação Iraniana de Futebol para enviar um cronograma com a liberação para que elas possam assistir aos jogos que começam em outubro.

Toda essa cobrança vem da ideia de que elas possam ver as eliminatórias da República Islâmica para a Copa do Mundo de 2022. No dia 27 de agosto passado, o movimento Open Stadium conquistou, com o apoio da FIFA, este direito e, com isso, as mulheres poderão assistir ao jogo Irã e Camboja, no Estádio Azadi, em Teerã.

#Irã #MovimentoOpenStadium #CopadoMundo

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle