#4AnosFPE: paixões que se entrelaçam

Atualizado: 25 de Jul de 2020

Dia desses, estava assistindo meu time jogar um clássico e, por mais que estivesse ganhando, o rival tentava pressionar a todo momento. Já nervosa, a única coisa que passava pela minha cabeça era: "pra que eu fui torcer pra time de futebol? Só pra sofrer numa hora dessas. Por que esse jogo não acaba logo?".

Depois, parei para pensar mais profundamente sobre isso. Meu amor pelo futebol aconteceu tão rápido que eu nem sei como tudo começou direito. Lembro de acordar, nas minhas férias escolares, e já ligar a TV para assistir aos jogos da Copa do Mundo de 2010. Como eu passava o dia sozinha em casa, a televisão e, naquele momento, o futebol eram meus principais companheiros.

A partir dali, o sentimento foi ficando mais forte: de mera espectadora, passei a acompanhar as equipes que me encantavam, a entender as regras até, finalmente, entrar na faculdade de Jornalismo e sentir uma grande vontade de trabalhar com esportes.

Felizmente, ao longo dos quatro anos de curso, conheci pessoas, plataformas e projetos que me inseriram nesse universo e que me fizeram ter ainda mais certeza da minha escolha profissional. Foi assim que cheguei ao Futebol por Elas, um espaço no qual me sinto totalmente à vontade para escrever sobre o que o futebol, dentro e fora das quatro linhas, me faz sentir.

Respondendo à minha pergunta do porquê fui torcer para um time de futebol: não sei dizer. Acho que nenhum e nenhuma de nós sabe ao certo o motivo. Para mim, o prazer de assistir a uma partida vai além, até mesmo, dos jogos das equipes que apoio. Poder aliar a paixão ao futebol à profissão que escolhi para a vida e que tanto amo não tem preço.

0 comentário

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle