Torcedoras Raiz: a voz feminina nas arquibancadas

Atualizado: há 5 dias

A memória falha ao tentar lembrar da primeira ida ao estádio. Vitória de Paula tinha apenas três ou quatro anos quando sua principal referência, seu avô, a levou para assistir uma partida entre Ceará e Ferroviário nas arquibancadas do estádio Presidente Vargas. Hoje, aos vinte e dois anos, ela é a fundadora do grupo Torcedoras Raiz.

A mãe não gostava das idas da filha ao estádio, afinal aquele era um espaço predominantemente masculino. Vitória cresceu escutando que futebol era coisa de homem, mas não se convenceu. No ano passado, enquanto o Ceará passava por uma situação delicada no campeonato brasileiro, teve a ideia de formar um grupo composto apenas por torcedoras mulheres. “Com toda a pressão que o Ceará estava passando em quase cair, eu lia os comentários no perfil do clube e a maioria eram de homens desacreditados que já falavam em rebaixamento, enquanto as mulheres davam apoio”, relembra a estudante de Design de Interiores.


A proposta é promover a união entre mulheres e fortalecer suas vozes. Atualmente, conta com sessenta e cinco integrantes, tendo representações em quase todos os setores do estádio em dias de jogos. A convivência proporciona a criação de laços de amizade e parceria entre elas. A ajuda em compras de ingressos e caronas é sempre mútua, tudo para não perder os jogos do Vozão. Como reconhecimento, já foram convidadas para participar de programas e eventos do clube e um dos momentos mais especiais foi a visita ao Centro Cultural Ceará Sporting Club, quando na oportunidade encontraram o ídolo alvinegro Sérgio Alves.

Elas prezam, principalmente, a presença nos estádios. Incentivam, gritam, torcem e xingam o juiz como qualquer outra pessoa. Vitória relembra, porém, que em um desses jogos foi surpreendida pelo machismo de um torcedor que sequer dirigiu-se a ela “uma vez o rapaz chegou no meu namorado e pediu para ele mandar eu me calar. Eu me calei? Não! E eu incentivo as meninas a não se calarem também”. Se depender das Torcedoras Raiz, voz não vai faltar.

Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle