• Karoline Tavares

A autoafirmação da "Seleção Cacareco" em 1959

Atualizado: Jul 24

Cacareco, substantivo masculino: 1. objeto velho e/ou bastante usado; 2. objeto sem valor. Essa palavra, usada comumente no nosso cotidiano para falar de tudo aquilo que não presta, foi a alcunha pejorativa criada para se referir à Seleção Pernambucana de Futebol, em 1959, ano de seu desempenho mais notável.


Histórico

A história de sucesso da Seleção Pernambucana, na verdade, começou muito tempo antes dessa designação. Remonta ao começo da década de 1920. Mais precisamente em 1923, o time estreou no Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais e participou de 28 das 30 edições.


Nelas, foi vice-campeão em 1959, quando conquistou oito pontos no quadrangular final contra 10 da seleção paulista, campeã na ocasião; ficou em 3º lugar em 1939; e em 4º lugar em 1931, 1938, 1940 e 1956.

Sul-Americano Extra de 1959

Naquele ano, a Confederação Brasileira de Desportos (CBD) convidou a seleção estadual para representar o Brasil no Sul-Americano Extra (atual Copa América). A lista principal da equipe era composta apenas por jogadores que atuavam em clubes de Pernambuco: os 22 atletas foram cedidos por Santa Cruz, Sport e Náutico, e o treinador era o recifense Gentil Cardoso, também do Santa Cruz.


Para os moldes do futebol da atualidade, pode até parecer estranho que seleções regionais representem o país em competições internacionais, mas não foi a primeira vez. Em 1956, o Rio Grande do Sul venceu o Campeonato Pan-Americano, ocorrido no México, e a Bahia foi vice-campeã da Taça Bernardo O'Higgins de 1957, no Chile.


No Sul-Americano Extra, a seleção conquistou duas vitórias em dois jogos: 3 a 2 contra o Paraguai e 3 a 1 contra o Equador. A campanha consistente os conduziu ao 3º lugar. Paulo Pisanechi, mais conhecido como Paulo Carvoeiro, foi o vice-artilheiro do torneio, com quatro gols.


Alcunha adotada e outros jogos

Após o bom desempenho da Seleção Pernambucana no ano de 1959, a nível nacional e internacional (com o 2º lugar no Campeonato de Seleções Estaduais e o 3º lugar no Sul-Americano), as críticas se reduziram, e o termo "Seleção Cacareco" foi adotado inclusive entre os jogadores.


Além das competições oficiais, os grupos de atletas que representaram Pernambuco disputaram uma série de amistosos. Destaque para a vitória sobre a Alemanha Ocidental por 1 a 0 em 1965.


Até mesmo o Brasil já enfrentou Pernambuco em amistosos. Ao todo, foram cinco confrontos e nenhuma vitória da seleção estadual: quatro triunfos da seleção brasileira e um empate sem gols.


Receba as novidades

do Futebol Por Elas

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle